Londres

Da wiki Wikivoyage
Ir para: navegação, pesquisa

Londres, a maior cidade da Europa, é a capital da Inglaterra e do Reino Unido.


Distritos[editar]

London Eye (Olho de Londres)

Londres é o centro de uma enorme área metropolitana (Greater London) que inclui inúmeros distritos e subúrbios, os quais se estendem até muitos quilômetros além do centro.

  • Londres Central - Inclui a City, coração financeiro da cidade, Westminster, que contém áreas famosas como o West End, o Soho, Oxford Street e Trafalgar Square; Bloomsbury, Mayfair, Paddington (uma área com muitos hotéis) e outros.
  • Oeste de Londres - Kensington, Chelsea etc.
  • Leste de Londres - Uma das áreas mais pobres, tem também uma das noites mais animadas. Engloba regiões como o enclave asiático de Brick Lane, o animado Shoreditch e as Docklands, com seus arranha-céus.
  • Norte de Londres - Áreas de classe alta como Hampstead (e o parque de Hampstead Heath) e outras mais simples como Wembley
  • Sul de Londres - Brixton, Wimbledon, Greenwich, Bromley...

Entenda[editar]

Moeda[editar]

  • A moeda oficial é a Libra Esterlina (£). Importante: o Euro não é aceito em nenhum lugar de Londres.
  • Imposto VAT (Value Added Tax): é possível solicitar o reembolso do valor se você reside fora da Europa. Para isso, peça o formulário na loja participante do Tax Free. Ao chegar no aeroporto, em local sinalizado, leve o formulário, recibos e objetos comprados.

Horário[editar]

  • Londres está no GMT (Greenwich Mean Time). Os relógios são adiantados em uma hora para o horário de verão, chamado BST (British Summer Time), entre o último domingo de março e o último domingo de outubro.
  • A diferença de horário entre o Brasil e Londres fica em 4 horas durante os meses do horário de verão londrino. Já nos meses de horário de verão no Brasil, a diferença cai para duas horas.

Eletricidade[editar]

  • Voltagem: 220V / 50Hz
  • Tomada: modelo G (importante trazer um adaptador pois é diferente do restante da Europa).

Chegar[editar]

Ponte de Westminster

De avião[editar]

  • De Portugal, existem diversas companhias dos chamados "Low Cost" que fornecem Londres como destino, com ou sem escalas. Durante a época baixa uma ida desce até aos 35€, 50€. Pela Ibéria, voos de ida e volta saindo de Madrid podem sair por mais de 200€, com as taxas incluídas.

Aeroportos[editar]

Conexões principais entre os aeroportos e a cidade

O código aeroportuário da cidade é LON. Esse código inclui vários aeroportos:

  • Heathrow (ICAO: EGLL, IATA: LHR) [1] - Um dos mais movimentados do mundo, recebe grande parte dos voos intercontinentais. É ligado ao centro da cidade pelo trem rápido Heathrow Express (£15.50), que parte a cada 15 minutos e em outros 15 chega até a estação de Paddington, de onde é possível tomar táxis, ônibus e metrô. A linha Picadilly do metrô para no terminal 4 e em outra estação que serve os terminais 1, 2 e 3. A viagem até o centro de Londres (ex. Leicester Square) leva 45-50 minutos e custa £3.50 para os portadores do cartão Oyster (ver o capítulo Circule, abaixo) ou £4 o bilhete avulso. O aeroporto é considerado Zona 6 do sistema de transportes.
Ferrovia e metrô para os diversos terminais de Heathrow
  • Gatwick (IATA: LGW, ICAO: EGKK) [2]- O segundo maior aeroporto de Londres dista cerca de 50km do centro da cidade. À chegada, pode tomar o Gatwick Express, que parte a cada 15 minutos rumo à Estação Victoria, numa viagem que dura 35 minutos e custa a partir de £14. Alternativamente, o Thameslink é um trem mais lento e barato. Passa pela London Bridge, City Thameslink, Farringdon, Kings Cross e o norte de Londres, indo inclusive ao aeroporto de Luton.
  • Stansted (ICAO: EGSS, IATA: STN) [3] - Recebe voos do continente, inclusive do Porto e fica a 45 km do centro de Londres, aonde se pode chegar de trem ou ônibus. O Stansted Express vai até a estação de Liverpool Street em aproximadamente 45 minutos. A ida custa £15.00, ida e volta: £25.00 Os ônibus da companhia Terravision vão até Victoria Street (75 min, £8.50) ou até Bromley By Bow - Liverpool Street - Finsbury Square (60 min, £7). São os mais baratos, porém não funcionam 24 horas, ao contrário dos da National Express (£10). Ainda mais econômico, o bilhete do EasyBus pode ser comprado pela internet partir de £2 ou por £8 quando adquirido a bordo. De táxi, a viagem custa £70-100 e está sujeita a engarrafamentos e lentidão no trânsito.
  • City Airport

De trem[editar]

Após uma reforma multimilionária para receber os trens de alta velocidade, o terminal de Saint Pancras International foi reinaugurado em novembro de 2007, concluindo uma renovação das linhas de alta velocidade inglesas, que agora permitem que o Eurostar percorra o trecho de Paris em 2h15 e de Bruxelas em 1h50.

A estação em si, situada em um prédio histórico, é uma atração à parte. Situada ao norte do Tâmisa, tem ligação com a rede de transportes londrina, incluindo as linhas do metrô que param nas estações St. Pancras, Kings Cross e Euston.

De carro[editar]

De ônibus[editar]

De barco[editar]

Circule[editar]

  • Bilhete Oyster de uma semana para zonas 1 e 2 custa £25,80, mais £3 pelo cartão recarregável. Válido nas linhas de metrô, overground, DLR e ônibus.

De metrô[editar]

  • No Centro, em vez de trocar de linha, pode ser melhor andar até outra estação para pegar um trem direto. Numa baldeação é preciso andar tanto pelos túneis e escadarias que pode ser mais fácil e divertido ir pela rua, dependendo do clima e da vontade; o tempo gasto é quase o mesmo.
  • Encontre o mapa atualizado e oficial do Transport of London aqui, seguindo os links para visualização em PDF.

De ônibus/autocarro[editar]

  • A vantagem de andar de ônibus em Londres é ver a paisagem; a desvantagem é a velocidade: com ou sem trânsito eles andam bem devagar. O bilhete Oyster é mais barato se for para andar APENAS de ônibus. 7 dias por £16,60. Mapas no link acima. Há linhas noturnas para toda parte.

De trem/comboio[editar]

  • Algumas regiões de Londres e seus subúrbios são servidos apenas pelos trens da National Rail. Há diversos tipos de bilhete, dependendo da zona por onde passar, do horário de uso (normal ou de pico), e do número de dias. Se precisar usar numa zona extra, um valor adicional pode ser incluído no cartão Oyster. As estações de trem não tem catraca; não esqueça de validar seu cartão antes e depois da viagem. Mapa das linhas de trem no link acima.

De carro[editar]

  • Uma grande aventura, sobretudo para quem está acostumado a dirigir pela direita. Se você é turista, não vale a pena, pois o risco de acidente é grande.
  • Caso for dirigir em Londres, evite o centro por causa do trânsito e do pedágio urbano obrigatório (congestion charge).
  • Tome cuidado ao atravessar as ruas, pois a famosa mão inglesa pode gerar confusão.

De táxi[editar]

  • Os táxis tradicionais de Londres transportam até 5 passageiros, o que acaba ficando barato para dividir. Não vá entrando num táxi, desavisadamente; é praxe na cidade conversar com o motorista antes do embarque, dizendo-lhe para onde quer ir.

Veja[editar]

Palácio Buckingham

Existem muitas coisas para ver e fazer em Londres. Então, se o tempo de viagem for curto, foque nas áreas com mais pontos turísticos: Westminster, a City, Soho e Trafalgar Square, Bloomsbury, Kensington e Chelsea.

Atrações[editar]

Cerimônias[editar]

  • Troca da Guarda Real Britânica. Pontualmente às 11:30, em frente ao Palácio de Buckingham.

Igrejas, Abadias e Catedrais[editar]

Museus e Galerias[editar]

Parques[editar]

Locais Famosos[editar]

  • Brick Lane (moda, gastronomia, cultura e arte), Brick Lane, Schoreditch, E1 6PU (Metrô: Aldgate East). 9h-17h. Esta rua e seus arredores são conhecidos pela sua riqueza cultural, lá podem-se encontrar lojas de moda conceitual e moderna, brechós e mercados de rua. Pubs e empórios singulares.Gastronomia variada, encontre as "street foods" de diversos países em galpões e mercados aos domingos. Este bairro ainda é habitado por hindus vindos de Bangladesh, repare nas placas, escritas em inglês e em bengali. Para quem gosta de grafitti e arte de rua, lá é uma exposição a céu aberto.
  • Notting Hill, uma área charmosa da cidade reconhecida principalmente pelo Notting Hill Carnival no feriado bancário de agosto, pelo filme do Hugh Grant e Julia Roberts e pelo mercado de Portobello Road.

Atividades e eventos[editar]

Para saber o que ocorre mês a mês em Londres, consulte o Calendário de Eventos e Festivais na página Dicas de Viagem.

Shows, peças de teatro e musicais[editar]

Os ingressos podem ser comprados diretamente na bilheteria do local ou pelo site dos estabelecimentos. O Ticketmaster vende a maioria dos espetáculos em Londres, permitindo que se imprima os ingressos em casa, com antecedência.

Concertos, ópera e ballet[editar]

Consulte os ingressos nesses sites: Royal Albert Hall; Royal Festival Hall, Royal Opera House; English National Opera/ Ballet - apresentação acontece no London Coliseum.

Aprenda[editar]

Trabalhe[editar]

Compre[editar]

Harrods

A região de Regent St., Oxford St., Carnaby St. e Bond St. é um complexo famoso para compras, onde é possível encontrar desde marcas mais acessíveis como H&M, Zara e Gap, lojas tradicionais como Harrods, Harvey Nichols, Liberty, Selfridges e também marcas de luxo como Miu Miu, Burberry e Louis Vuitton.

Outra alternativa são os shoppings da rede Westfield, localizados próximos à estações de Shepherd's Bush e Stratford.

Mercados[editar]

Os mercados de Londres são uma atração a parte para os turistas, pois vendem de tudo: alimentos, roupas, jóias, fotografias, pôsteres, etc. Os principais são:

  • Camden Market, Camden High St, London NW1 (Metrô: Camden Town; Chalk Farm). Aberto das 10h-18h. Localizado na parte norte de Londres, é formado por quatro mercados.
  • Dover Street Market, 18-22 Dover Street Market, Haymarket, London SW1Y 4DG (Entrance on Orange Street), +44 20 7518 0680, . Funciona de 11h-19h (Seg à Sab) e de 12h-18h (Dom).
  • Old Spitalfields Market, 16 Horner Square, Spitalfields, London E1 6EW (Metrô: Liverpool Street Station), +44 20 7247 8556, . Aberto: 10h-16h (dom-sex). Este mercado, localizado em um prédio coberto, está situado no mesmo lugar há mais de 350 anos. Domingo é o dia mais popular, onde você encontra artigos de moda, decoração e também alimentos. Cada dia da semana eles contam com uma programação diferente: moda, antiguidades e etc.
  • Portobello Market, 192A Portobello Rd, London W11 1LA (Metrô: Notting Hill Gate, Ladbroke Grove). Aberto: 8h-18h30 (seg-qua, sex-sáb) e 8h-13h (qui). Tradicional mistura de comida de rua, alimentos, antiguidades e moda. O dia mais movimentado é sábado.

Coma[editar]

A alimentação em Londres não é barata e um simples sanduíche pode custar o preço de um jantar completo em outros países. Ainda assim, os londrinos e visitantes da capital encontram a seu alcance os mais variados tipos de culinária e poucos lugares podem se gabar de serem mais cosmopolitas do que Londres no que diz respeito a opções para o paladar.

O famoso fish and chips, combinado de peixe e batatas fritas e ícone da alimentação operária britânica, vem cedendo lugar a cadeias de lanches rápidos como a Pret a Manger, cafés como o Costa Coffee e redes de fast food americanas como Shake Shack.

O Soho tem de destacado como local de restaurantes contemporâneos e elegantes. Há vários bairros que concentram opções típicas de outros países, de acordo com as comunidades de imigrantes que vivem ali.

Nos restaurantes, a conta costuma incluir 12,5% de taxa de serviço. Caso não conste esse acréscimo, é polido deixar uma gorjeta de 10 a 15%, arredondando o valor da conta, se o serviço for bom.

Há muitas redes de comida na cidade:

  • Busaba Eathai. Rede de comida tailandesa com vários endereços. Consulte [5].
  • The Lily Vanilli. Com estilo antigo, pequena padaria e cafeteria é conhecida por seus famosos cupcakes. Consulte [6].
  • Hakkasan Mayfair. Com filiais em várias cidades do mundo e menu cantonês,as opções de pratos são deliciosas. Consulte [7].
  • Fortnum & Mason. Para tomar o típico chá inglês e se encantar com a decoração "doce" do lugar. Consulte [8].
  • Mildreds, 45 Lexington Street, Soho, London W1F 9AN (Metrô: Picadilly Circus), 0207 494 1634, . £10-30. Restaurante vegetariano, localizado no Soho, conta com alimentos orgânicos para preparar pratos vegetarianos e ovo-lactovegetarianos. Ambiente pequeno e aconchegante.
  • Vegan Hippo, 52 Rupert Street, 020 7734 8574, . 6 :30 - 9:30. £ 5 - 10. Vegan Hippo is a 100% vegan cafe located in Soho, London. They are dedicated to promoting animal rights and improving animal welfare by showing the world how delicious a vegan lifestyle can be!

Beba e saia[editar]

Inglaterra é um dos países em que podemos desfrutar das melhores cervejas. Elas são famosas cervejas "Guinness", um tipo de cerveja preta um amargo sabor intenso e muito refrescante, embora cerveja louro, embora menos original, são igualmente saboroso. Além da Inglaterra, oferece-nos a oportunidade de desfrutar de todas as suas excelentes cervejas em um bar, enquanto mais estilo minimalista, como no mais tradicional tasca e rude, ou mesmo no bar na lendária série de televisão O mundo das bebidas tem nomes na Inglaterra: cerveja e whisky. O mais popular tipo de cerveja é amarga sem bolhas, escuro e servido à temperatura ambiente, embora os stocks (dourada e luz) está a ter cada vez mais adeptos. O whisky é uma bebida muito popular, sendo o melhor, na Inglaterra. Se tomada juntamente com o meio litro de cerveja é chamada "nip” e um litro “hauf”. Basicamente, há dois tipos de uísque: puro malte (malte de primeira qualidade, produzido com a fermentação da cevada) e granulado, com aveia e uma pequena quantidade de cevada fermentada. Blend é uma combinação dos dois tipos. Alguns bem diferentes são os uísques de malte, cuja qualidade depende nos ingredientes usados no processo, assim como da água e dos barris de carvalho onde são envelhecidos.

  • Bistrotheque, 23-27 Wadeson Street, tel. 020 8983 7900, [9]. Bar, cabaré e restaurante.
  • The Duke of Wellington, 119 Balls Pond Road, Dalston / De Beauvoir Town, London, tel. 020 7275 7640, [10]. Famoso bar londrino com música ao vivo e festivais de cerveja.
  • The Audley, 41-43 Mount St, London W1K 2RX, Reino Unido, tel. 20 7499 1843, [11]. Qualquer fã de Woody Allen deve visitar o pub favorito do cineasta: ali ele filmou com a fabulosa Scarlett Johansson, em Match Point, nos bancos estofados de vermelho do lado de dentro. Michele Obama e as filhas também já provaram o fish and chips do restaurante.
  • The Elephant's head, 224 Camden High Street,tel. +44 20 7485 3130. Localizado em Camden town, encontre música ao vivo e comidas típicas britânicas.
  • The Hawley's arms, 2 Castlehaven Road, London, tel. +44 20 7428 5979, [12]. Localizado em Camden town, este pub é conhecido por ser o lugar em que a cantora Amy Winehouse preferia ir . Aconchegante e movimentado, bom para quem gosta de música inglesa e variedade no cardápio.

Durma[editar]

Em Londres o mais em conta são os Hostels (Albergues), onde se pode dividir quartos com milhares de pessoas de várias partes do mundo, ideal para fazer amigos. Hotéis são caros e não oferecem o conforto que cobram.

  • London Hotels [13].
  • Apartamentos Londres, 196 Bishopsgate, +44 20 3051 5214, . Oferece apartamentos totalmente equipados nas melhores localizações da cidade de Londres. Ideal para famílias e grupo de amigos.
  • St. Giles, Bedford Ave., Tottenham Court Road. Diárias a partir de £90. [14]

Mantenha contato[editar]

Segurança[editar]

Apesar de ser segura para os turistas, Londres é uma metrópole e como tal é preciso sempre estar atento e tomar alguns cuidados básicos com os seus pertences. Fique de olho na sua bolsa e celular, especialmente, perto de atrações e locais movimentados como o metrô e ponto de ônibus.

Evite certas regiões a noite como King's Cross, Dalston e Peckham, mantendo-se sempre nas ruas principais.

Pegue um táxi (black cab ou minicab) autorizado após uma noite de balada.

Partir[editar]

Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!
51.507222222222; -0.1275Internet-web-browser.svg