Baixe o arquivo GPX para este artigo
-4.13-64.54Map mag.png

Amazonas

Fonte: Wikivoyage
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Localização do estado do Amazonas no Brasil

Amazonas é o maior Estado do Brasil em extensão territorial com 1.559.168,117 km². Está situado na região Norte do país e sua população estimada é de 4.144.597 pessoas. Seu território é todo coberto pela maior floresta tropical do mundo e conta com cerca de 98% de sua área preservada.

O Estado recebeu o prêmio de melhor destino verde da América Latina, prêmio este concedido em votação feita pelo mercado mundial de turismo, durante a World Travel Market, ocorrido em Londres em 2009. Aliando seu potencial ecológico a uma política de negócios embasada na sustentabilidade, tornou-se o segundo estado mais rico da região Norte do Brasil.

Regiões[editar]

Cidades[editar]

  • Tefé
  • Manicoré
  • Humaitá

Outros destinos[editar]

Entenda[editar]

Fartura de peixes em uma feira de Manaus.

O Estado do Amazonas é conhecido mundialmente pelos seus rios gigantes e pela fascinante floresta amazônica. O destino oferece passeios de barco pelos rios (incluindo o Encontro das Águas), contato direto com a natureza e povos nativos, além da gastronomia típica da região que reúne uma variedade de peixes saborosos e frutos amazônicos.

O visitante pode contar com visitas guiadas aos museus e patrimônios históricos das cidades de Manaus, Parintins, Tefé e Itacoatiara, que remontam à Belle Époque, época em que o Amazonas viveu uma era de grande prosperidade com a economia da borracha.

Chegar[editar]

  • Manaus e Tabatinga contam com aeroportos internacionais. Parintins, Coari e São Gabriel da Cachoeira e Tefé possuem importantes aeroportos que operam várias linhas aéreas no Estado.
  • A principal rodovia de acesso é a BR-319, que liga o estados do Amazonas e Rondônia. A rodovia BR-174 é responsável por ligar o Amazonas ao Estado de Roraima e Venezuela.
  • Os barcos mais populares são os recreios, grandes embarcações de madeira (algumas possuem casco de ferro, o que torna o barco mais seguro), onde as pessoas vão em redes. Em alguns são também vendidas passagens em cabines.
  • Alguns destinos podem ser feitos por "a jatos", lanchas grandes que fazem os trajetos cerca de 4 vezes mais rápido que os recreios. As passagens costumam ser também bem mais caras.
  • Na época da seca (julho a dezembro, aproximadamente) algumas localidades não são alcançadas por barcos grandes, como os recreios. Em algumas comunidades só é possível chegar de rabeta, uma pequena canoa com motor de popa.
  • Para ir para locais próximos das cidades a forma mais fácil e procurar o porto da cidade e combinar com algum catraieiro local o preço e a viagem de volta.
    A Ponte Rio Negro conecta os municípios de Manaus e Iranduba. Com 3.595 metros, faz parte da rodovia AM-070.

Circule[editar]

  • Antes de trafegar pelas rodovias do estado, ligue para a Polícia Rodoviária Federal para saber das condições de conservação, tel. 92 2129-0570

Fale[editar]

Compre[editar]

Coma[editar]

Peixes[editar]

Os principais peixes da região são:

  • Jaraqui — Peixe mais popular da região, delicioso quando frito. Há um ditado popular da região que diz: "Quem come jaraqui, não sai mais daqui."
  • Pacu — Um peixe com o formato de disco, mito saboroso, pode ser assado, frito ou cozido.
  • Piranha — é um peixe muito apreciado, principalmente por ser afrodisíaco, muito enérgico devido à gordura.
  • Pirarucu — peixe muito saboroso, é considerado por muitos como o "bacalhau da Amazônia".
  • Tambaqui — Um dos mais apreciados da região, suas carnudas costelas, assadas na brasa ou fritas, são de dar água na boca.
  • Tucunaré — Coma uma "caldeirada" deste peixe cozido, é um dos peixes mais gostosos da Amazônia. Também é muito apreciado quando frito, principalmente quando é acompanhado de açaí.

Frutas[editar]

As principais frutas típicas da região são:

  • Açaí — Do açaí pode ser feito o caldo, o vinho, o suco, o sorvete e o doce. Também existem refeições à base de açaí e peixe.
  • Pupunha — Fruto típico da Amazônia que se origina em uma palmeira chamada pupunheira. É rico em vitaminas para fortalecer o sistema imunológico.
  • Castanha-da-Amazônia — Também é encontrada em todos os estados da Amazônia e possui um sabor adocicado. Pode ser usada em doces e leites.
  • Cupuaçu — Possui um sabor amargo, porém muito aromático. Desta fruta pode ser feito o suco, o doce, o sorvete e outras sobremesas.
  • Tucumã — Sua árvore é espinhosa, a fruta é saborosa, pode ser consumida com alimentos típicos da região, como o X-Caboquinho.

Beba e saia[editar]

Durma[editar]

  • Existem no estado, inúmeros hotéis de selva, nos quais os hóspedes podem caminhar pela mata, observar pássaros e passear de barco.

Aprenda[editar]

Segurança[editar]

Saúde[editar]

Respeite[editar]

Mantenha contato[editar]

Partir[editar]


Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!