Baixe o arquivo GPX para este artigo
-23.846111-46.629722Map mag.png

São Sebastião (São Paulo)

Fonte: Wikivoyage
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Praia de Maresias, em São Sebastião

São Sebastião é um município do Litoral Norte do Estado de São Paulo

Entenda[editar]

Extenso e de litoral recortado, São Sebastião oferece um número incrível de praias, a maioria delas preservando uma certa caracteristica rústica. No início dos anos 90, esse clima tropical selvagem do litoral norte de São Paulo atraíu os endinheirados que, sofrendo com o copalso de infra-estrutura da Baixada Santista, buscavam praias mais tranqüilas e estradas menos congestionadas. Hoje em dia, a realidade do trânsito caótico afeta São Sebastião, mas o municipio ainda resiste ao crescimento a partir de leis como a que impede a construção de grandes edificios.


Chegar[editar]

De carro[editar]

Vindo de São Paulo, existem dois acessos principais:

  • pela Via Dutra ou Rodovia Trabalhadores/Ayrton Senna, mais moderna e prática, se dirigindo até São José dos Campos. A descida até o litoral norte se dá pela Rodovia dos Tamoios. Ao descer a Serra do Mar por Caraguatatuba, basta seguir até São Sebastião.
  • pelo Litoral Sul, descendo até Santos ou Bertioga pela Rodovia Anchieta ou Imigrantes, pegando como alternativa a estrada que liga Mogi a Bertioga. Dali é só seguir pela Rio-Santos até São Sebastião.

Circule[editar]

A Rododvia Rio-Santos é a ligação entre todas as praias do município, bem como com Caraguatatuba e Bertioga.

Veja[editar]

  • . São sete quarteirões tombados pelo Patrimônio Histórico Nacional. No centro se encontram os casarões coloniais, construídos ao redor da Igreja Matriz há três séculos.
  • (à beira mar). O prédio mais antigo da cidade.
  • , Bairro Pontal da Cruz. Construída em 1743, possui a residência da família, a Capela e um Engenho.
  • . Um marco na história do povo caiçara, sendo um importante símbolo de religiosidade e desenvolvimento do município de São Sebastião.

Praias[editar]

De sul para norte:

  • . Primeira praia da cidade para quem segue rumo ao Rio de Janeiro na rodovia Rio-Santos, é calma, com vegetação preservada, e uma tribo indígena estabelecida.
  • . Quase deserta, a pequena praia tem poucas residências e muito verde.
  • . De areia bem clara e água calma, a praia atrai familias e grupos de jovens casais.
  • . Mansões a beira-mar e maior infra-estrutura, a praia atrai de familias a grupos de jovens.
  • . Passseios de barco para a ilha próxima ou tomar sol na areia branca bem fofa da praia, qualquer coisa vai bem com o cenário da pequena barra do (rio) Sahy. As crianças fazem a festa no parquinho da praia.
  • . Grandes condominios em meio a vegetação, a praia tem areia dura e é mais extensa. Os surfistas se concentram no canto direito.
  • . Primeira das praias mais turísticas da cidade, Camburi, e sua vizinha Camburizinho, tem mar azul esverdeado e agitado, o que faz a festa dos surfistas. As areias bem fofas são disputadas por jovens da capital em busca de agito.
  • . Tem talvez o mais lindo pôr do sol da costa sul da cidade, e também conta com comércio ativo. Perto da divisa com Maresias fica a praia Brava, freqüentada por aventureiros que buscam ver de perto seu mar esmeralda.
  • . A mais conhecida praia do litoral norte paulista, Maresias atrai surfistas que buscam suas ondas perfeitas, colunáveis que mantém suas mansões pé na areia impecáveis, e baladeiros do mundo inteiros procurando agito na sua vida noturna. As opções de hotéis são muitas, bem como as chances de esbarrar em algum famoso. Além disso, Maresias é um destino conhecido internacionalmente principalmente pela sua característica única: é cercada pela mata atlântica, com uma praia que possui 5 km de extensão, areias brancas e um mar claro e agitado que forma um belo encontro do mar com a floresta.
  • . Paúba preserva características de praia selvagem apesar da proximidade com Maresias. Tem areia clara e as ondas variam de intensidade conforme o dia.
  • . Santiago é curta e tem inclinação acentuada em direção ao mar, que traz ondas de intensidade variada conforme o dia. Dela, é possível avistar a próxima praia na direção sudeste, Toque-Toque Pequeno, e sua ilha homônima - o formato de tartaruga característico da pequena ilha fica mais evidente desta praia.
  • . Apesar do nome, é maior que sua "irmã" Toque-Toque Grande. Por outro lado, sua ilha é menor que a ilha da outra praia. Tem vista para a Praia de Santiago, a próxima no sentido noroeste. De tombo, tem areias claras e ondas de intensidade variada conforme o dia.
  • . Esta minúscula praia tem uma característica singular: tem duas faces para o mar e liga o continente a um pequeno morro solitário. O acesso por carro é restrito aos (poucos) moradores. Assim, é necessário estacionar precariamente à beira da rodovia e caminhar ladeira abaixo para desfrutar deste pequeno refúgio. Diferente de suas vizinhas, a praia não tem qualquer forma de infraestrutura - frequentadores deverão levar comida e equipamentos de lazer por contra própria.
  • . Apesar do nome, é menor que sua "irmã" Toque-Toque Pequeno, não chegando a atingir 1 km. Por outro lado, sua ilha sem praias é maior que a ilha da outra praia. Por ser uma das poucas praias continentais do litoral brasileiro voltadas para o oeste, ela proporciona um belíssimo por do sol aos seus visitantes. Há barracas que servem bebidas e lanches e vendedores ambulantes. O mar pode estar tranquilo ou agitado, dependendo do dia. Como a praia é de tombo e as ondas quebram a menos de um metro da areia, o banho pode ser perigoso para idosos, crianças e pessoas de mobilidade reduzida quando o mar está revolto.
  • . Entre Toque-Toque Grande e Guaecá, há duas pequenas praias acessíveis somente a pé ou pelo mar. Uma delas é comumente chamada de "Brava", a outra raramente é relacionada a algum nome confiável.
  • . Uma das mais populares de São Sebastião, é a praia dos descolados, gringos, famílias, gays e amantes da natureza. Apenas casas e um mar claro e areias fofas são o suficiente para quem busca beleza. Da praia avista-se o sul de Ilhabela. É extensa e cortada por dois riachos. Há diversos vendedores ambulantes, barracas e empresas oferecendo opções de esporte e diversão. Bancos de areia, buracos e correntes exigem certa cautela dos banhistas.
  • . Esta praia é ideal para famílias com crianças. Tem farta oferta de serviços e produtos, areia batida ideal para esportes com bola e águas cuja profundidade aumenta lenta e progressivamente, sem "sustos" para o banhista. As ondas quebram ao longe e se aproximam lentamente do continente.
  • . Acessível somente com autorização do Instituto de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo, pois é fechada para pesquisas. A instituição oferece visitas guiadas e previamente agendadas no local.
  • . O acesso por carro é restrito aos moradores. Há um pequeno bolsão de estacionamento em sua entrada, que comporta poucos carros e lota rapidamente na alta temporada. Ainda é possível estacionar precariamente próximo à rodovia, mas a caminhada é longa. É totalmente voltada para Ilhabela, e tem vista para a Praia do Cabelo Gordo (à direita) e dos Trabalhadores (à esquerda). Tem areias grossas e fofas e seu mar é de tombo com ondas fraquíssimas como as de um rio. Há também um riacho de águas geladas na ponta esquerda. A infraestrutura é precária, mas vendedores de sorvete costumam visitá-la.
  • . Acessível somente a pé ou por mar. Pessoas minimamente condicionadas fisicamente podem arriscar atingi-la a nado a partir da Praia das Pitangueiras. Por ser pouco frequentada e de difícil acesso, é praticamente deserta e tem areias crivadas de conchinhas.
  • . Tem a melhor infraestrutura de todas as praias da cidade, e talvez por isso seja uma das mais populares. É equipada com amplo estacionamento de vagas bem delimitadas, banheiros públicos, museu, restaurante, pista de skate e muito mais.
  • . Minúscula, trata-se de um pequeno retângulo de areia totalmente voltado para Ilhabela.
  • . As praias da costa norte, sentido Caraguatatuba, possuem mar calmo e raso, e são freqüentadas por pescadores.

Faça[editar]

  • . Notícias e novidades da praia mais badalada do litoral norte de São Paulo. Confira as fotos e vídeos de eventos realizados na região.

Compre[editar]

  • , Avenida Walkir Vergani, 614, Boiçucanga (alt. km 163 da Rio-Santos).

Coma[editar]

Beba e saia[editar]

  • , Rod. Prestes Maia - Praia Preta,.
  • , Estr do Cambury, 710 - Camburi.
  • , Avenida Mãe Bernarda, 1605 - Juquehy.
  • , Rua Francisco Loup, 333 - Maresias.
  • , Estrada de Camburi, 79 - Camburi.
  • , Rua Sirena, 375 - Maresias.
  • , Rua Sirena, 418 - Maresias.

Durma[editar]

  • , Avenida Guanabara, 526 - Maresias, 11 5092 6251.
  • , Av. Magno Passos Bittencourt, 326 - Barra do Una, 12 3867 1313.
  • , Avenida Francisco Loup, 1090 - Maresias, 12 3865 6740.
  • , Estrada de Camburi, 1154 - Camburi, 12 3865 1711.
  • , Avenida Francisco Loup, 1109 - Maresias, 12 3891 7500.
  • , Avenida Guanabara, 196 - Maresias, 12 3865 5074. Pousada GLS.
  • , Rua Nova Iguaçu, 1989 - Maresias, 12 3865 6227.
  • , Estrada do Cascalho, 1270 - Boiçucanga, 12 3865 1745.
  • , Maresias (300 metros da praia).

Partir[editar]

Rotas por São Sebastião (São Paulo)
SantosBertioga  S noframe N  CaraguatatubaUbatuba
Este artigo é usável. Ele contém informações sobre como chegar e algumas indicações completas de restaurantes e hotéis. Uma pessoa mais corajosa poderia utilizá-lo para viajar, mas por favor mergulhe fundo e ajude-o a crescer!