Baixe o arquivo GPX para este artigo

Parque Natural da Serra da Estrela

Fonte: Wikivoyage
Europa > Península Ibérica > Portugal > Centro-Norte (Portugal) > Parque Natural da Serra da Estrela
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Parque Natural da Serra da Estrela[1] é a maior área protegida de Portugal e também a região de maior altitude na porção continental do país.

Entenda[editar]

História[editar]

Paisagem[editar]

Flora e fauna[editar]

Flora[editar]

A elevada altitude da Serra da Estrela permite delinear três andares claramente diferenciados:

  • Até aos 800-900m: base, de acentuada influência mediterrânica
  • De 600-800 m até 1600m: Andar intermediário, domínio do carvalho-negral (Quercus pyrenaica),
  • Acima dos 1600m: Andar superior, domínio do zimbro (Junipers Communis). Este andar coincide com a Reserva Bio-Genética da Serra da Estrela, que necessita preservação. Ali, especialmente, as plantas devem ser deixadas da maneira como foram encontradas.

Fauna[editar]

  • Lobo (Lucios carnivos)
  • Águia
  • Víbora
  • Truta
  • Anfíbios
  • Rã verde (Rana perezi) - Espécie típica das lagoas, dos charcos e dos ribeiros de correntes fracas.

Clima[editar]

Chegar[editar]

Taxas e permissões[editar]

Circule[editar]

Veja[editar]

  • O Rio Alva no Sabugueiro - Não se esqueca de visitar a torre e brincar um pouco com a neve.
  • As Aldeias de Montanha - 41 aldeias espalhadas pela Serra da Estrela, com uma riqueza superior cultural, gastronómica e ambiental;
  • Cão da Serra da Estrela;
  • Praias fluviais

Faça[editar]

  • Percursos pedestres "Caminhos da Montanha";
  • Visitar uma queijaria tradicional e acompanhar o processo de fabrico de queijo;
  • Ser pastor por um dia e conduzir os rebanhos;
  • Visitar em Seia: o Museu do Pão, o Museu do Brinquedo, o Museu Natural da Eletricidade e o Centro de Interpretação da Serra da Estrela – CISE;
  • Visitar em Belmonte: o Museu dos Descobrimentos e o Museu Judaico;
  • Visitar em Celorico: o Museu da Agricultura e do Queijo;
  • Visitar na Covilhã: o Museu dos Lanifícios (Covilhã);
  • Visitar em Gouveia: o Museu da Miniatura Automóvel, o Parque Ecológico e Centro de Ecologia, Recuperação e Vigilância de Animais Selvagens - CERVAS;
  • Voar de parapente em Linhares da Beira;

Compre[editar]

  • Lanifícios tradicionais como o Burel, um produto têxtil 100% natural, feito com lã pura, e de produção local;

Coma[editar]

  • Queijo da Serra - feito de leite de ovelha, é amanteigado e de cor amarelada. Nos meses de fevereiro e março, a oferta é abundante em feiras realizadas na região.
  • Requeijão Serra da Estrela - comido com doce de abóbora, é uma iguaria do céu;
  • Azeite;
  • Pão;
  • Borrego Serra da Estrela e Borrego da Beira;
  • Doçaria da região: Bolo Negro de Loriga, mel serrano,

Beba[editar]

Licores Regionais Serra da Estrela; Licor Serrano, Licor de Castanha Serra da Estrela, Zimbromel, Medronho com Mel, Aguardente de Zimbro, Ginja Serra da Estrela, Ginja com Chocolate Serra da Estrela, Licor de Amora, Licor de Noz.

Durma[editar]

Broom icon.svg
Este artigo ou secção não está de acordo com nosso manual de estilo e precisa ser editado. Por favor mergulhe fundo, dê-lhe um pouco de sua atenção e ajude-o a melhorar!

Hotéis[editar]

Campismo[editar]

  • Parque de Campismo do Curral do Negro, Gouveia.
  • Parque de Campismo do Pião, Covilhã. Estrada Covilhã, Penhas da Saúde.
  • Parque de Campismo de Valhelas, Manteigas. Estrada Manteigas, Belmonte.
  • Covão d'Ametade - Nascente do Rio Zêzere. Só permitido, com autorização prévia, a clubes de actividades de natureza / ar livre. Local ideal para piqueniques.

Outros Locais[editar]

  • Pousada da Juventude, Penhas da Saúde (só para jovens).

Segurança[editar]

Partir[editar]

Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!