Baixe o arquivo GPX para este artigo
-21.87-43.32Map mag.png

Matias Barbosa

Fonte: Wikivoyage
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Matias Barbosa é uma cidade de Zona da Mata (Minas Gerais), de mais de 13.435 habitantes.

Entenda[editar]

Seu nome é referente a Mathias Barboza da Silva, que teve concedida para si uma sesmaria às margens do Rio Paraibuna em 1709. No mesmo ano, foi aberto o Caminho Novo, e por Matias Barbosa, passavam as riquezas extraídas nas Minas Gerais. Ali, por meados do século XVIII, foi criado o Registro de Matias Barbosa, uma "alfândega" para cobrança de impostos. Com a independência do Brasil em 1822, o Registro passou a ser de fato uma alfândega, com o desenvolvimento de um pequeno arraial em torno.

A partir de meados do século XIX, o desenvolvimento da lavoura cafeeira resultou no desenvolvimento do arraial, com a chegada de imigrantes (maioria italiana) e negros escravos. Nessa época, foi inaugurada a Estrada União-Indústria, situando-se em Matias Barbosa uma Estação para troca dos animais das diligências. O caminho ligando a Juiz de Fora passava pela Ponte da Zamba, de madeira.

Em 1875, chegaram os trilhos da Estrada de Ferro D. Pedro II. Em torno da estação, fixou-se o centro urbano então.

Chegar[editar]

Circule[editar]

Veja[editar]

A tela "Jornada dos Mártires".
  • . Principal ponto turístico da cidade. Não se sabe ao certo sua finalidade até hoje.
  • . Principal local de lazer da cidade.
  • . Capela exibida na tela A Jornada dos Mártires, pois ali ficava a Fazenda de Nossa Senhora da Conceição do Caminho Novo, onde se hospedaram inconfidentes em 1789. Tombada pelo IPHAN.
  • 1 , (32) 3273-1254. Antiquário, construção de 1850.
  • , Estação Ferroviária de Matias Barbosa. Local onde também funciona o Museu e um Arquivo da cidade.
  • , Fazenda do Juazal. Trecho conservado da Estrada Real. Ponte de madeira. Visitação livre.
  • . Visitação livre.
  • . Ponte da Estrada de Ferro D. Pedro II.
  • , estrada de terra Juiz de Fora – Caeté – Matias (seguir pelo acesso à esquerda). Fazenda de café de 1877.
  • , área urbana. Construída entre 1838 e 1840. Hoje existe apenas parte do que era a sede.

Faça[editar]

Compre[editar]

Coma[editar]

Beba e saia[editar]

Durma[editar]

  • 1 , Estrada União Indústria, 512 - Centro, (32) 3273-1339.
  • , Rua Tiago Aquino Ramos, 1040 - Água e Sol, (32) 3273-8555.

Partir[editar]


Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!