Lhasa

Da wiki Wikivoyage
Tibet > Lhasa
Ir para: navegação, pesquisa

Lhasa é a capital da região autônoma do Tibete na China. Ela está localizada a 3.750 metros acima do nível do mar, na encosta norte do Himalaia.

Entenda[editar]

Lhasa, que significa "Terra dos Deuses" e tem mais de 1.300 anos de idade, fica em um vale junto ao rio Lhasa. Na parte oriental da cidade, a influência tibetana ainda é forte e evidente sendo comum ver tibetanos tradicionalmente vestidos muitas vezes girando Rodas de oração.

A parte ocidental de Lhasa é mais etnicamente chinêsa. É agitada e moderna e parece semelhante a muitas outras cidades chinesas. Grande parte da infra-estrutura, tais como bancos e escritórios estão localizados nesta parte da cidade.

História[editar]

Clima[editar]

Chegar[editar]

Os cidadãos de qualquer nacionalidade, excluindo chineses obviamente, são obrigados a obter uma autorização especial antes de desembarcar no pais e devem ser acompanhados diariamente por um guia turístico chinês.

De avião[editar]

O aeroporto de Lhasa Gonggar (IATA: LXA) é situado a 61km ao sudoeste de Lhasa. Há vôos de Pequim, Chengdu, Chongqing, Cantão, Kunming, Qamdo, Xangai, Xi'an, Xining e Zhongdian (Shangrila). Voos internacionais estão disponíveis saindo de Katmandu, Nepal.

Não-cidadãos chineses são obrigados a serem recebidos no aeroporto pelo seu guia turístico. Há táxis disponíveis fora do aeroporto. Há também um ônibus que leva ao centro da cidade,

De ônibus[editar]

Os cidadãos não-chineses não estão autorizados a viajar em ônibus interurbanos no Tibete. Para os cidadãos chineses, há serviço de frequente e barato entre Lhasa e quase todas as partes do Tibet.

De trem[editar]

A ferrovia de Qinghai-Tibet (Qingzang) conecta Lhasa e Golmud, com os serviços que continuam para Xining, Beijing, Chengdu, Shanghai, Guangzhou e Chongqing.

Uma viagem de táxi entre a estação de trem e a área urbana deve custar aproximadamente ¥ 30. Certifique-se de fixar o preço antecipadamente pois muitos motoristas vão tentar cobrar ¥ 100 e não usar o taxímetro. Como alternativa, pegue um ônibus (¥ 1) para qualquer lugar em frente ao rio, e, em seguida, pegue um táxi que utiliza o taxímetro.

Circule[editar]

Veja[editar]

Faça[editar]

Compre[editar]

Coma[editar]

Beba e saia[editar]

Durma[editar]

A cidade oferece aos turistas vários hotéis, de 1 a 4 estrelas.

Partir[editar]

Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!

Criar categoria

29.65; 91.1Internet-web-browser.svg