Baixe o arquivo GPX para este artigo
72-40Map mag.png

Groenlândia

Fonte: Wikivoyage
América do Norte > Groenlândia
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Localização
noframe
Bandeira
Flag of Greenland.svg
Informações Básicas
Moeda Coroa dinamarquesa (DKK)
Área total: 2.166.086 km2
terra: 2.166.086 km2 (410.449 km2 sem gelo, 1.755.637 km2 cobertos de gelo) (est.)
População 56.361 (est. Julho 2006)
Idioma Inuktitut (groenlandês) e dinamarquês
Religião Luteranos (predominante)
Eletricidade 220V/50Hz
Código telefônico +299
Internet TLD .gl
Fuso horário UTC to UTC-4


A Groenlândia (em groenlandês: Kalaallit Nunaat; em dinamarquês: Grønland), também grafada como Groelândia ou Gronelândia, é um país no extremo nordeste da América do Norte, com sua maior parte dentro do Círculo Polar Ártico.

Entenda[editar]

A Gronelândia é a maior ilha do mundo e tem mais de 44.000 km de linha de costa. A população é escassa, confinada a pequenos povoados na costa. A ilha tem a segunda maior reserva de gelo do mundo, apenas ultrapassada pela Antártida.

Embora ainda seja parte oficial do reino da Dinamarca, em 1979 foi instituído um governo próprio e independente, ficando Copenhague responsável apenas pelas relações exteriores.

A vegetação é em geral esparsa, com uma pequena zona de floresta no município de Nanortalik no extremo sul, perto do Cabo Farewell.

A costa é maioritariamente rochosa e com falésias. O ponto de menor altitude é o nível do mar e o mais alto é o Gunnbjørn (3700 m). O extremo norte da ilha é o cabo Morris Jesup, descoberto pelo Almirante Robert Peary em 1909.

Clima[editar]

O clima é ártico a sub-ártico com verões frescos e invernos muito frios. O território é geralmente pouco montanhoso, existindo uma camada de gelo de declive gradual que cobre quase toda a ilha.

Povo[editar]

A Gronelândia tem uma população de 57.564 habitantes (dados de 2008) dos quais 88% são inuit ou mestiços de dinamarqueses e inuit. Os 12% restantes são de origem europeia, principalmente dinamarqueses. A maioria da população é luterana. Quase todos os groenlandeses vivem ao longo de fiordes, no sudoeste da ilha principal, que possuem um clima relativamente ameno.

Economia[editar]

O turismo é o único sector com algum potencial a curto prazo mas é limitado, devido à curta temporada e aos custos elevados.

Recursos minerais (zinco, chumbo, minério de ferro, carvão, molibdénio, ouro, platina e urânio) são abundantes. A descoberta de petróleo, zinco e ouro, em 1994, promete mudar a economia, ainda bastante dependente da Dinamarca, que também responde por sua defesa e relações externas. A economia baseia-se na extracção de bens minerais e também na pesca, caça de focas e baleias.

Regiões[editar]

Regiões da Groenlândia
Groenlândia Sul
Apelidada "Sineriak Bananeqarfik" (Banana Coast) pelos locals, é a parte mais facilmente acessível da Groenlandia e aquela sujeita às temperaturas menos extremas
Groenlândia Oeste
Onde fica a capital Nuuk (Godthåb).
Groenlândia Leste
com poucas cidades, é o acesso ao parque nacional.
Groenlândia Norte
praticamente desabitada e sem nenhuma infra-estrutura turística. Lar do Northeast Greenland National Park.


Cidades[editar]

Outros destinos[editar]

Chegar[editar]

  • O aeroporto de Nuuk (GOH) fica a 4 km da cidade. A empresa Air Greenland é praticamente a única companhia em Nuuk e tem vôos de/para Baltimore (EUA) e Copenhague.

Circule[editar]

  • A Air Greenland opera vôos domésticos.
  • A Arctic Umiaq Line possui um terminal com várias linhas domésticas de barco.
  • De ônibus, em Nuuk, pela companhia Nuup Bussii A/S.

Fale[editar]

As línguas faladas na Groenlândia são o groenlandês, o dinamarquês e o inglês.

Tanto o gronelandês quanto o dinamarquês foram utilizados em assuntos públicos desde o estabelecimento do governo autônomo em 1979, e a maioria da população fala ambas as línguas. O gronelandês, falado por cerca de 50.000 pessoas, algumas das quais são monolíngues, tornou-se a única língua oficial em junho de 2009. Uma minoria dinamarquesa de migrantes sem ancestrais inuit falam o dinamarquês como sua primeira ou única língua, e o dinamarquês, que previamente era uma das línguas oficiais, permanecerá como uma língua de educação mais alta. O inglês é vastamente falado como um terceiro idioma. A Groenlândia tem 100% de taxa de alfabetismo.

O gronelandês é a língua mais popular da família de línguas esquimo-aleútes e possui mais falantes que todas as outras línguas da família juntas. Dentro da Gronelândia, três principais dialetos são reconhecidos: o dialeto do norte Inuktun ou Avanersuarmiutut falado por cerca de 1.000 pessoas na região de Qaanaaq, o gronelandês ocidental ou Kalaallisut que serve de padrão à língua oficial, e o dialeto do leste Tunumiit oraasiat ou Tunumiutut falado na parte oriental da Gronelândia.

Compre[editar]

Coma[editar]

O prato típico e nacional da Groenlândia é uma sopa chamada Suassat.

Beba e saia[editar]

A cerveja é a típica bebida da Groenlândia.

Durma[editar]

Aprenda[editar]

Segurança[editar]

Saúde[editar]

Respeite[editar]

Mantenha contato[editar]

Partir[editar]

Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!