Baixe o arquivo GPX para este artigo
41.533333333333-8.6166666666667Map mag.png

Barcelos

Fonte: Wikivoyage
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


O famoso castelo de Barcelos.

Barcelos é uma cidade portuguesa no distrito de Braga, famosa sobretudo pelo seu artesanato, mas também pelos seus monumentos. A cidade é também o maior concelho do país.

Chegar[editar]

Circule[editar]

Veja[editar]

  • Torre de Menagem de Barcelos ou Torre da Porta do Cimo de Vila – É uma construção em granito de base quadrangular, que em 1595 servia de cadeia. Mais tarde, foram abertas janelas nas espessas paredes. Aqui funcionam actualmente o posto de turismo e o centro de artesanato. É um monumento nacional.
  • Igreja matriz de Santa Maria Maior – Igreja románico-gótica.
  • Ponte sobre o rio Cávado – Uma ponte medieval sobre o rio Cávado, declarada Monumento Nacional.
  • Igreja do Senhor Jesus da Cruz – Igreja Barroca.
  • Paço dos Condes de Barcelos – É um palácio de estilo gótico, atualmente em ruínas. Foi construído na primeira metade do século XV por ordem de D. Afonso, oitavo conde de Barcelos e primeiro duque de Bragança. Deste Paço, que era um castelo apalaçado, restam pouco mais do que algumas paredes e uma chaminé tubular. Actualmente este Paço, alberga o Museu Arqueológico de Barcelos, que aí foi instalado no início do século XX. É um monumento nacional.

Faça[editar]

Compre[editar]

Galo de Barcelos
O galo de Barcelos é um símbolo do artesanato português. Típico de Barcelos, tem a ele associado uma lenda: "Um peregrino galego que saía de Barcelos em peregrinação para Santiago de Compostela foi acusado de ter roubado umas pratas a um proprietário e condenado a enforcamento. Num apelo final, pediu um encontro com o juiz, que se preparava para comer um galo assado. O galego jurou que, como prova da sua inocência, o galo se levantaria do prato e cantaria. O juiz empurrou o prato para o lado e ignorou o apelo.

Todavia, quando o preso estava a ser enforcado, o galo levantou-se e cantou. O juiz compreendeu o seu erro, correu para a forca e descobriu que o galego se salvara graças a um nó mal feito." De acordo com a lenda, o galego voltou anos mais tarde para esculpir o Cruzeiro do Senhor do Galo, agora no Museu Arqueológico de Barcelos.

Barcelos é muito conhecida pelo seu artesanato, especialmente o Galo de Barcelos.

  • Feira de Barcelos – Remonta ao século XIII sendo das maiores e mais antigas do Minho.

Coma[editar]

  • Restaurante/Cervejaria Pérola – Um dos restaurantes mais famosos de Barcelos situado no centro de Barcelos (freguesia). Costumam comer lá famosos da região.

Beba e saia[editar]

Durma[editar]

  • Hotal do Terço – Hotel de três estrelas situado no centro da freguesia de Barcelos.

Partir[editar]

Perto de Barcelos fica Braga, famosa pelas suas construções, como a sé, os santuários do Bom Jesus e do Sameiro, etc.


Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!