Baixe o arquivo GPX para este artigo
40.93-8.25Map mag.png

Arouca

Fonte: Wikivoyage
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Arouca é uma vila portuguesa da Área Metropolitana do Porto e da Região Norte, que é sede de um município com o mesmo nome.

O município de Arouca pertence à Região Norte e pertenceu à província do Douro Litoral.


Chegar[editar]

O acesso ao concelho de Arouca e à vila Arouca, na contemporaneidade, pode ser feito, por automóvel, de modo mais rápido e eficaz, a partir do Porto e do território da Área Metropolitana do Porto, para onde também existem autocarros diários.

Pela A32 (autoestrada):

  • A Autoestrada do Douro Litoral: a partir do Porto / Vila Nova de Gaia, encontram-se as saídas mais próximas do concelho de Arouca em Louredo (Freguesias de Lobão, Gião, Louredo e Guisande), Canedo (Freguesias de Canedo, Vale e Vila Maior) e Gião (Freguesias de Lobão, Gião, Louredo e Guisande), entrando na EN326, que se percorre até fim do primeiro troço da variante à EN326 situado no lugar de Cela, na fronteira de Tropeço com Rossas (Arouca), continuando até à vila de Arouca, União das Freguesias de União das Freguesias de Arouca e Burgo|Arouca e Burgo, vale do Rio Arda, nesse troço da variante já construído. (cerca de 50 a 55 minutos de viagem, entre o Porto e a vila de Arouca)

Para quem se deslocar de avião, comboio ou barco, a forma mais eficiente e eficaz será a partir dos seguintes locais de destino de viagem da Área Metropolitana do Porto, seguindo, depois, pelo percurso da A32 (autoestrada) até Arouca:

  • Aeroporto Francisco Sá Carneiro, a 53 km do concelho de Arouca e a 70 km da vila de Arouca, pelo percurso da A32 (autoestrada).
  • Estação Ferroviária de Porto-Campanhã, a 39 km do concelho de Arouca e a 56 km da vila de Arouca, pelo percurso da A32 (autoestrada).
  • Porto de Leixões, a 54 km do concelho de Arouca e a 71 km da vila de Arouca, pelo percurso da A32 (autoestrada).

Pela Estrada Nacional EN222, a partir do centro de Vila Nova de Gaia:

  • EN222 : a partir do centro de Vila Nova de Gaia (onde se localiza a Estação D. João II do Metro do Porto), segue-se, pela EN222, até ao território da União das Freguesias de Lobão, Gião, Louredo e Guisande. Em Gião, sai-se da EN222 e percorre-se a Avenida da Igreja, entrando-se, depois, ao fim dessa avenida, na EN326, que se percorre até fim do primeiro troço da variante à EN326 situado no lugar de Cela, na fronteira de Tropeço com Rossas (Arouca), continuando até à vila de Arouca, União das Freguesias de União das Freguesias de Arouca e Burgo|Arouca e Burgo, vale do Rio Arda, nesse troço da variante já construído. (cerca de 55 minutos de viagem, entre Vila Nova de Gaia e a vila de Arouca)

Pela A43 (autoestrada), a partir da zona oriental do Porto:

  • A43 (autoestrada) : a partir da zona oriental do Porto (perto da Estação de Fânzeres do Metro do Porto e da Estação Ferroviária de Porto-Campanhã), segue-se, pela A43 (autoestrada), até ao nó de Covelo (Gondomar), onde se entra na A41 (autoestrada) até ao nó de Sandim, onde se entra na A32 (autoestrada), percorrendo-a até ao nó de Louredo (Freguesias de Lobão, Gião, Louredo e Guisande), entrando-se, depois, na EN326, que se percorre até fim do primeiro troço da variante à EN326 situado no lugar de Cela, na fronteira de Tropeço com Rossas (Arouca), continuando até à vila de Arouca, União das Freguesias de União das Freguesias de Arouca e Burgo, vale do Rio Arda, nesse troço da variante já construído. (cerca de 1 hora de viagem, entre a zona oriental do Porto e a vila de Arouca)

Pela Estrada Nacional EN1:

  • EN1 / IC2|IC 2 : a partir do Porto / Vila Nova de Gaia, segue-se até Lourosa (Santa Maria da Feira) / Fiães (Santa Maria da Feira), onde se entra na EN326, que se percorre até fim do primeiro troço da variante à EN326 situado no lugar de Cela, na fronteira de Tropeço com Rossas (Arouca), continuando até à vila de Arouca, União das Freguesias de União das Freguesias de Arouca e Burgo|Arouca e Burgo, vale do Rio Arda, nesse troço da variante já construído. (cerca de 1 hora de viagem, entre o Porto e a vila de Arouca)

Para quem se deslocar, de automóvel ou de autocarro, a partir do Centro e do Sul de Portugal, a forma mais rápida e eficaz é pela A1 (autoestrada):

  • Segue-se pela A1 (autoestrada), em direcção ao Norte, até ao nó de Sta. Maria da Feira, onde se sai, entrando na EN223|N 223, que se percorre até à zona de Escapães, onde se entra no IC2, que se percorre até à parte sudeste de São João da Madeira, onde se entra na Estrada N227, percorrendo o território das União das Freguesias de Nogueira do Cravo e Pindelo, até à saída para Carregosa, onde se entra na Estrada EN 224-1, que se percorre até ao lugar de Chão de Ave, na Freguesia de Chave (Arouca), entrando na EN224, que se percorre até Rossas (Arouca), onde se entra no primeiro troço já construído da variante à EN326, continuando até à vila de Arouca, União das Freguesias de União das Freguesias de Arouca e Burgo|Arouca e Burgo. (cerca de 40 minutos de viagem, entre o nó de Santa Maria da Feira e a vila de Arouca) Para quem se deslocar, na A1 (autoestrada), proveniente do Norte, depois de entrar no nó de Sta. Maria da Feira, também pode seguir este percurso.

Circule[editar]

Veja[editar]

  • Mosteiro de Arouca (Largo de Santa Mafalda) - Foi fundado no século X e recebeu a Carta do Couto no século XII. O seu período de maior glória foi durante o padroado de D. Mafalda, filha de Sancho I. Os espaços mais notáveis de todo o conjunto são a Igreja, o Coro das Freiras, os Claustros, o Refeitório e a Cozinha. Dentro do mosteiro fica o Museu de Arte Sacra, um dos melhores da Península Ibérica.
  • Pelourinho de Arouca (Praça Brandão de Vasconcelos) - O Pelourinho de Arouca é composto por um soco formado por três degraus de secção hexagonal com moldura superior, base circular, fuste liso e cilíndrico e capitel ornamentado por dois escudos reais e rematado por esfera armilar.
  • Capela da Santa Casa da Misericórdia (Praça Brandão de Vasconcelos) - Templo maneirista que conserva a sua estrutura original seiscentista.

Faça[editar]

Eventos[editar]

  • Festas de Santa Mafalda (2 de Maio) - Celebram-se as festas da padroeira de Arouca, a Rainha Santa Mafalda, com várias actividades religiosas, em especial a procissão.
  • Feira das Colheitas (último fim de semana de Setembro) - Tem várias exposições, feiras, música, gastronomia, etnografia e folclore.

A Feira das Colheitas é o evento socioeconómico mais importante e com maior impacto deste concelho da Área Metropolitana do Porto, situado na Bacia Hidrográfica do Rio Douro, para onde corre o Rio Arda a partir do vale de Arouca, sendo as festas oficiais do município e uma feira das actividades económicas concelhias.

  • Romaria da Senhora da Mó (Setembro)

Actividades[editar]

Compre[editar]

Coma[editar]

As especialidades conventuais, tais como a morcelas, são características da vila.

  • Restaurante da Residencial São Pedro - Avenida Reinaldo de Noronha; tel.: 256 944 580.
  • Restaurante Parlamento - Ribeira: tel.: 256 949 604.
  • Restaurante O Manjar - Avenida das Escolas; tel.: 256 940 070.

Beba e saia[editar]

Durma[editar]

  • , Avenida Reinaldo de Noronha, (+351) 256 944 580, fax: (+351) 256 943 054.

Partir[editar]

  • Memorial de Santo António do Burgo (Santa Eulália) - Arcada em granito que identifica o lugar onde terá sido depositado o corpo sem vida de D. Mafalda, filha de D. Sancho I, antes de regressar ao Mosteiro de Arouca.
  • Frecha da Misarela - O rio Caima despenha-se a 60 metros de altura neste local, e a paisagem é da cascata e do rio Caima é das mais famosas do Norte de Portugal.


Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!