Baixe o arquivo GPX para este artigo
-32.035-52.098611Map mag.png

Rio Grande (Rio Grande do Sul)

Fonte: Wikivoyage
(Redirecionado de Rio Grande (Brasil))
América do Sul > Brasil > Sul (Brasil) > Rio Grande do Sul > Sudeste (Rio Grande do Sul) > Rio Grande (Rio Grande do Sul)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Foto da cidade de Rio Grande.

Rio Grande é um município brasileiro no sudeste do Rio Grande do Sul.

Entenda[editar]

Rio Grande é a cidade mais antiga da colonização portuguesa do Rio Grande do Sul, tendo sido por muito tempo a capital do estado. Foi fundada em 1737 pelo Brigadeiro José da Silva Paes, e elevada à condição de cidade em 1835. Está situada no extremo sul do estado do Rio Grande do Sul, entre a Lagoa Mirim, a Laguna dos Patos (a maior laguna do Brasil) e o Oceano Atlântico.

A cidade construiu sua riqueza ao longo de sua história devido à forte movimentação industrial. Ainda hoje é uma das cidades mais ricas do Rio Grande do Sul, e a mais rica da Zona Sul do estado, principalmente devido ao seu porto (o segundo em movimentação de cargas do Brasil), e à sua Refinaria (a cidade é a sede da Refinaria de Petróleo Riograndense, antiga Refinaria Ipiranga). Possui uma área de 2.814 km².

Perto da cidade há o Balneário Cassino, um distrito com status administrativo especial, que tem a maior praia do mundo em extensão.

História[editar]

A área de Rio Grande já era demonstrada em mapas holandeses décadas antes da colonização portuguesa na região. Por volta de 1720, açorianos vindos de Laguna chegaram à região de São José do Norte para buscar o gado cimarrón vindo das missões, possibilitando a posterior fundação do Forte Jesus, Maria, José e de Rio Grande, em 1737. Em 1737, uma expedição militar portuguesa a mando de José da Silva Paes foi enviada com o propósito de garantir a possessão das terras situadas ao sul do atual Brasil.

Em 17 de fevereiro de 1737, Silva Paes fundou o presídio de Rio Grande, na desembocadura do Rio São Pedro, que liga a Lagoa dos Patos ao Oceano Atlântico. Este presídio (colônia militar) é o Forte Jesus, Maria, José, que constituiu o núcleo da colônia de Rio Grande de São Pedro, fundada oficialmente em maio de 1737. A escolha do lugar, com o estabelecimento de estâncias de gado, permitiu apoiar as comunicações por terra entre Laguna e Colônia do Sacramento. Assim foi fundada a cidade mais antiga do Rio Grande do Sul, de colonização portuguesa, uma vez que no espaço onde hoje compreende o estado do Rio Grande do Sul já existiam os Sete Povos das Missões, de domínio espanhol, sendo que algumas cidades oriundas dessa formação jesuíta existem até hoje.

Em 1760, Rio Grande, que até então estava sujeita à Capitania de Santa Catarina, passou a ser a capital da nova Capitania de São Pedro do Rio Grande do Sul, dependente do Rio de Janeiro.

Chegar[editar]

Mapa de Rio Grande (Rio Grande do Sul)

De avião[editar]

A cidade possui um aeroporto com vôos diários em alguns horários do dia ligando a cidades próximas e à capital.

De ônibus[editar]

A cidade por apresentar uma forma de distribuição sendo de grande extensão e pequena largura, tem grandes áreas abrangidas constantemente por ônibus, disponibilizando um transporte em quase todas as partes da cidade.

No centro e bairros próximos, a qualidade do serviço costuma ser boa, mas em bairros mais afastados, há menas linhas. O valor da passagem é variável, dependendo do ônibus se circular, expresso ou viagem, entre R$ 2,35 e R$ 5,00; podendo ser pagos em dinheiro ou bilhete eletrônico.

A localização de ônibus são em geral marcadas por Pontos de Ônibus cobertos e com assentos, e em locais mais remotos com placas. Como a cidade adota o principio central, todas as linhas de ônibus costumam ser circulares, com sentido destino-centro, sendo que qualquer ônibus que pegar, após o destino levara para o abrigo de ônibus localizado no centro da cidade.

De carro[editar]

A cidade no centro possui uma rede de circulação de qualidade razoável, sendo grande problema a quantidade de carros. Por ser uma cidade centralista, onde grande parte do comércio e trabalho situa-se no centro, e por apresentar um centro com únicas saidas, apresenta grande movimento de veículos, sendo difícil encontrar locais para estacionamento. A cidade ainda apresenta muitas sinaleiras no parte central, e um esquema de entradas e saidas da cidade organizados, porem não muito pratico, tendo que andar um pouco para poder transitar.

Há um pedágio de entrada situado da ponte de ligação Rio Grande-Pelotas.

Veja[editar]

Píer da Ilha dos Marinheiros.
Biblioteca Rio-Grandense.
Chafariz dos Anjinhos na Praça Tamandaré.
Prédio da Alfândega.
Doca do Mercado.
  • 1 (margem oeste da Laguna dos Patos). A maior e mais fértil ilha da Laguna dos Patos. Já foi o mais importante centro agrícola de producao de legumes, frutas e fabricação de vinhos, que abasteciam a cidade e a exportação em larga escala. A ilha é considerada patrimônio da cidade do Rio Grande pela preservação de valores, herdados da cultura dos portugueses, que colonizaram o local. Atualmente, a ilha possui cerca de 1400 habitantes.
  • 2 , Rua Heitor Perdigão, 10, 96200-370, (53) 3231-3496. Ter-Dom, 9h-11h30 e 14h-17h30. Mantém uma exposição pública sobre a vida dinâmica do ecossistema marinho e sua relação com o meio ambiente, apresentada em painéis, modelos e vários equipamentos utilizados na pesquisa oceanográfica. Possui muitos exemplos de conchas, que fazem parte da coleção de moluscos do museu, a maior e mais importante da América do Sul. O local também possui outras atrações, como o Museu Antártico, que é uma réplica da estação brasileira Comandante Ferraz, e o Centro de Recuperação de Animais Marinhos, onde há diversos tipos de animais marinhos em recuperação.
  • 3 , Rua General Osório, 454, (53) 3231-2842, e-mail: . A biblioteca mais antiga do estado, fundada em 15 de agosto de 1846 com o nome Gabinete de Leitura. Com um acervo de cerca de 500 000 obras, é uma das maiores bibliotecas do país.
  • 4 . O templo religioso mais antigo do estado, em estilo barroco colonial português. Foi construída em 1755 e remodelada em 1997. Contém uma coleção de arte sacra dos séculos XVIII e XIX.
  • 5 , Rua General Canabarro, 96200-370, (53) 3232-9107. Foi inaugurado em 22 de abril de 1999. Possui informações sobre a Ilha da Pólvora e sobre o ecossistema principal da ilha, os marismas (áreas periodicamente alagadas pela maré). Perto do museu há um mirante onde é possível observar a ilha.
  • 6 , Rua General Bacelar, 224, 96200-370, (53) 3035-7987. Construída em estilo neogótico e inaugurada em 22 de abril de 1938. No topo da igreja pode ser vista a estátua de Nossa Senhora do Carmo.
  • 7 . Conhecida por ser a maior praça do interior do estado, com 44.124 metros quadrados. Sua atração central é um enorme túmulo monumental do herói farroupilha Bento Gonçalves, mas também há outras atrações, como o Coreto, o Chafariz dos Anjinhos, entre outros.
  • 8 , R. Mal. Floriano Peixoto, 300, 96200-000, (53) 3234-4000. Construído em 1804 em estilo neoclássico. Nos anos 70 e 80, o edifício foi submetido a obras de restauração. O prédio abriga o museu da cidade, que é muito bem cuidado e organizado e conta a história da cidade.
  • 9 , Largo do Mercado, 80 - Centro, 96200-000. Está integrada ao cais municipal, e nela atracam os barcos que vêm das Ilhas dos Marinheiros, da Torotama e do Leonídio. Possui esse nome por servir principalmente ao Mercado Público. Junto dela há bancas de peixe, onde há venda de pescados frescos.

Faça[editar]

  • 1 , Avenida Rheingantz, 124 - Parque Res. Coelho, Rio Grande - RS, 96202-110. Neste local são realizados vários eventos municipais importantes.

Atividades[editar]

  • 2 , Rodovia BR-392, 96214-630. Parque aquático.

Compre[editar]

Shoppings[editar]

  • 1 , R. Jockey Clube, 155 - Vila Sao Miguel, 96212-730. Contém diversas lojas e um cinema.
  • 2 , Avenida Engenheira Lúcia Maria Balbela Chiesa, 2842 - Parque Res. São Pedro, 96216-400.

Supermercados[editar]

  • 3 , R. Conselheiro Teixeira Júnior, 504 - Cidade Nova, 96211-540.
  • , Av. Itália, 1343 - Carreiro, Rio Grande - RS, 96203-000.

Coma[editar]

Econômico[editar]

  • 1 , Rua Luiz Lorea, 389, 96216-000, (53) 3232-5581. Pratos diversos da culinária chinesa.
  • 2 , Rua Dezenove de Fevereiro, 2 - Centro, Rio Grande - RS, 96200-490, (53) 3201-0460. Possui desconto para estudantes.
  • 3 , Avenida João César Oliveira, 49 - Parque Res. Jardim do Sol, 96216-000, (53) 3230-5008. Contém rodízio de pizzas e grelhados.

Médio[editar]

  • 4 , Rua Benjamin Constant, 460 - Centro, 96200-090, (53) 3035-6257, e-mail: . Várias opções de comidas, num ambiente rústico.
  • 5 , Avenida Silva Paes, 285, 96200-000, (53) 3035-6021. Diversos tipos de comidas. Aceita dinheiro e cartão.
  • 6 , Rua Gen. Bacelar, 457, 96200-000, (55) 53 3231-8558. Churrascaria.

Esbanje[editar]

  • 7 , Rua Dr. Nascimento, 183 - Centro, 96216-000, (53) 3035-7070. Casa especializada em galetos. Também serve espaguete ao alho e óleo, polenta frita, saladas e outros pratos da culinária italiana.
  • 8 , Rua Val Porto, 393 - Salgado Filho, 96202-700, (53) 3231-1180. Contém variados tipos de carnes.
  • 9 , Avenida Pres. Vargas, 516, Parque, (53) 3231-6466.

Beba e saia[editar]

  • 1 , Av. Itália, 1926 - Vila Maria José, 96203-000. Fica no caminho entre Rio Grande e a praia do Cassino, e está integrado com o posto de passagens da rodoviária.
  • 2 (Quiosque Rio Grande), Av. Presidente Vargas, 501 - Vila Junção, 96202-000.

Durma[editar]

Econômico[editar]

  • 1 , Rua Gen. Neto, 20, 96200-010, (53) 3231-3755, e-mail: . Possui sala de jogos e Wi-Fi.
  • 2 , Av. Pres. Vargas, 631 - Bairro Parque, 96202-100, (53) 3293-1811.

Médio[editar]

  • 3 , Rua Duque de Caxias, 55, 96200-010, (53) 3231-3833. A rede de hotéis também possui um hotel no Balneário Cassino.
  • 4 , R. Jockey Clube, 86 - Vila Junção, 96212-650, (53) 3232-5050. Fica à beira da Lagoa dos Patos.

Esbanje[editar]

  • 5 , Rua Gen. Neto, 165, 96200-010, (53) 3231-3933. O hotel fica bem em frente a praça Tamandaré.
  • 6 , R. Francisco Campello, 499 - Centro, 96200-410, (53) 3036-3900.

Mantenha contato[editar]

O DDD de Rio Grande é +53. Algumas operadoras de telefone da cidade são a Oi, Vivo, Claro e Tim. Em caso de emergência, o número da Polícia é 190 e o número da Ambulância é 192.

Saúde[editar]

  • 7 , R. Gen. Osório, 625 - Centro, 96200-400, (53) 3233-7100.
  • 8 , R. Visc. de Paranaguá, 102 - Centro, 96200-190, (53) 3233-8800.

Cotidiano[editar]

Partir[editar]



Este artigo é usável. Ele contém informações sobre como chegar e algumas indicações completas de restaurantes e hotéis. Uma pessoa mais corajosa poderia utilizá-lo para viajar, mas por favor mergulhe fundo e ajude-o a crescer!