39.03000125.73000Map mag.png

Pyongyang

Fonte: Wikivoyage
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Pyongyang é a maior cidade e a capital da Coreia do Norte.

Entenda[editar]

Chegar[editar]

De avião[editar]

De barco[editar]

De comboio/trem[editar]

De autocarro/ônibus[editar]

De carro[editar]

Circular[editar]

De comboio/trem[editar]

De autocarro/ônibus[editar]

De barco[editar]

De carro[editar]

Veja[editar]

Ambox warning pn.svg
Não tire fotos de estátuas dos líderes norte-coreanos não mostrando a cabeça ou tirando de costas, as punições para quem faz isso são bastante severas.

Você pode visitar os diversos templos e estátuas dos líderes norte-coreanos.

Faça[editar]

Eventos[editar]

Atividades[editar]

Aprenda[editar]

Trabalhe[editar]

Compre[editar]

Coma[editar]

Os residentes locais geralmente comem em casa e, como tal, o cenário gastronômico de Pyongyang é insuficiente. Você normalmente jantará em seu hotel. Há uma série de pequenos restaurantes na cidade, mas eles são voltados principalmente para os trabalhadores locais e têm comida bastante espartana - milho cozido, kimchi, um pouco de peixe ou lula, arroz branco. A situação legal em torno desses estabelecimentos semiprivados é complicada e os estrangeiros não são aconselhados a comer neles. Uma famosa especialidade local de Pyongyang é o macarrão frio (랭면 raengmyeon); pergunte ao seu guia se ele pode lhe dar algumas oportunidades de experimentar.

Beba e saia[editar]

Existem poucos bares e clubes onde os estrangeiros são permitidos, embora haja cerveja norte-coreana disponível nos hotéis. Alguns também podem oferecer cervejas chinesas e outras cervejas estrangeiras, como a Heineken. O chope local é excelente e custa entre € 0,50 e € 1,40.

Durma[editar]

Econômico[editar]

Médio[editar]

Esbanje[editar]

Mantenha contato[editar]

Segurança[editar]

Saúde[editar]

Cotidiano[editar]

Partir[editar]

Este artigo está delineado. Ele já segue um modelo adequado, mas não contém informações suficientes sobre o assunto.

Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!