30.39.5Map mag.png

Norte da África

Fonte: Wikivoyage
África > Norte da África
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Norte é uma região da África. Vários países desta região têm influência da cultura árabe.

Países[editar]

Países do Norte da África

Territórios[editar]

Cidades[editar]

Outros destinos[editar]

Entenda[editar]

O Norte da África, como região, é muito diferente dos países ao sul. O povo e a cultura são árabes, a comida é diferente e o Islã é a religião dominante. Muitas organizações agora agrupam o Norte da África e o Oriente Médio como MENA (Oriente Médio e Norte da África) porque o Norte da África tem muito mais em comum com países como Síria ou Jordânia do que países como Mali ou Costa do Marfim.

História[editar]

Os povos do Norte da África viram muitos impérios irem e virem, cada um trazendo guerras e contribuições para a cultura local. Antigo Egito foi uma das civilizações urbanas de vida mais longa do mundo, e a Fenícia, Grécia antiga e mais tarde o Império Romano passaram a dominar o Mar Mediterrâneo. Os árabes e o Islã chegaram no século 7 e foram deslocados pelo Império Otomano. O império colonial francês passou a incluir Marrocos, Argélia e Tunísia, e teve o Canal de Suez concluído em 1869. Durante a Segunda Guerra Mundial na África, os italianos e mais tarde os alemães não conseguiram conquistar todo o Norte da África. Após a guerra, os países do Norte da África tornaram-se independentes, exceto alguns territórios costeiros de (espanhol do Norte da África). O Norte da África foi palco da Guerra Fria com líderes principalmente autoritários. Em 2010, a 'Primavera Árabe' começou como uma série de revoltas públicas. A partir de 2020, o resultado foi variado, com a Tunísia adotando uma constituição democrática e a Líbia presa na guerra civil.

Idioma[editar]

O árabe é sem dúvida a língua dominante e a língua oficial em todos os países do norte da África. No entanto, os dialetos árabes são mutuamente ininteligíveis, então não há como um turista que fala o árabe padrão entender um marroquino que fala seu dialeto. No entanto, o árabe padrão é sempre a língua oficial e, com exceção do Saara Ocidental, quase todas as pessoas urbanas são capazes de falá-lo.

O francês é a segunda língua mais conhecida na Tunísia, Argélia e Marrocos, devido a grande parte da história da área como colônia francesa. Na Líbia e no Egito, o inglês é a segunda língua dominante (exceto entre os líbios mais velhos, onde o italiano é mais prevalente)

Muitas pessoas no Norte da África, especialmente na Argélia e no Marrocos, falam o berbere como primeira língua.

Chegar[editar]

Circule[editar]

Fale[editar]

Compre[editar]

Coma[editar]

Beba e saia[editar]

Durma[editar]

Aprenda[editar]

Segurança[editar]

Saúde[editar]

Respeite[editar]

Mantenha contato[editar]

Partir[editar]

Este artigo está delineado. Ele já segue um modelo adequado, mas não contém informações suficientes sobre o assunto.

Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!