Baixe o arquivo GPX para este artigo
-25.695-54.437Map mag.png

Cataratas do Iguaçu

Fonte: Wikivoyage
América do Sul > Cataratas do Iguaçu
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


As Cataratas do Iguaçu ficam na cidade de Foz do Iguaçu no estado brasileiro do Paraná.

Entenda[editar]

As Cataratas do Iguaçu (ou Cataratas del Iguazu, em espanhol) são formações no rio Iguaçu de diversas quedas de água, as quais proporcionam um espetáculo inesquecível devido à sua grandeza As cataratas se localizam no Parque Nacional do Iguaçu(BRA)e no Parque Nacional del Iguazú (ARG)considerados Patrimônio Mundial (UNESCO) A palavra Iguaçu significa "água grande", na etimologia tupi-guarani. As Cataratas são formadas pelas quedas do rio Iguaçu. Dezoito quilômetros antes de juntar-se ao rio Paraná, o Iguaçu vence um desnível do terreno e se precipita em quedas de 65 m de altura em média, numa largura de 2780 m. Descobrimento

Geologicamente, a formação da região é estimada a 150 milhões de anos atrás para a sua criação sendo que o fenômeno da formação geográfica das cataratas, só teve seu inicio aproximadamente 200 mil anos atrás. Segundo a história, o primeiro europeu a encontrar as Cataratas em 1542, foi o espanhol Álvar Nunez, sendo que até hoje, nas Cataratas, há uma placa em sua homenagem pelo descobrimento da área quando em sua segunda viagem a America do Sul, descobriu uma das maravilhas do mundo até então escondida

O rio Iguaçu mede 1200 m de largura acima das cataratas. Abaixo, estreita-se num canal de até 65m. A largura total das Cataratas no território brasileiro é de aproximadamente 800m e no lado argentino de 1900m. Dependendo da vazão do rio, o número de saltos varia de 150 a 300 e a altura das quedas varia de 40 a 82 metros resultando numa largura de 2.700 metros, com formato semicircular. A vazão de água média do rio em torno de 1.500 m3 por segundo, variando de 500 m3/s nas ocasiões de seca e de 6.500 m3/s nas cheias.

As quedas isoladas podem chegar a quase 300, dependendo do volume de água do rio, reduzindo para menos de 20 em tempo de cheia. Os grandes saltos são 19, três deles do lado brasileiro (Floriano, Deodoro e Benjamin Constant) e os demais no lado argentino. A disposição dos saltos -a maior parte deles no lado argentino e voltados para o Brasil - proporciona a melhor vista para quem observa o cenário a partir do Brasil.O maior e com maior volume de água é a Garganta del Diablo (Garganta do Diabo,em português).


Por toda parte o estrondo das águas é sentido. A região está coberta por floresta atlântica.

Clima Subtropical, com verão quente e úmido.

Chegar[editar]

O jeito mais facil de você chegar nas cataratas pelo lado brasileio é de avião, chegando no aeroporto internacional de Foz de Iguaçu, mas também pode se chegar de carro e de ônibus, só que a viagem é muito cansativa.Você pega um ônibus, que desce ao 1º mirante

Taxas e permissões O valor da entrada e estacionamento variam, o melhor é buscar esta informação sempre atualizada na página do atrativo.

Por favor, não alimente os quatis. Por mais que eles tentem avançar na sua comida. A nossa alimentação não é ideal para eles, que são animais selvagens. Também evite que os quatis o mordam ou arranhem,pois a mordida ou arranhão causa raiva.

Circule[editar]

Dentro do Parque Nacional do Iguaçu existem várias opções de passeios, além da trilha panorêmica que está inclusa no ingresso de entrada no Parque.

O ideal é usar roupas leves e de preferência tênis, protetor solar e repelente. Não esqueça da máquina fotográfica para registrar este espetáculo natural.

Veja[editar]

  • . Diariamente, 9-17h. Não são as mais altas (Salto Ángel na Venezuela) nem as mais volumosas (Victoria Falls na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbábue) do mundo, mas podem seguramente ser as mais belas e impressionantes.

Faça[editar]

  • Passeios de barco até bem perto das quedas
  • Uma visita ao Parque das Aves e tenha um contato direto com os pássaros

É possível fazer rapel, rafting, arvorismo, safári, passeio de barco no Rio Iguaçu, caminhadas em meio a floresta, a pé, de bicicleta ou em jipe elétrico.

Há até a opção de ter uma vista panorâmica de helicoptero

Vá ao elevador (mirante)para apreciar melhor.

Compre[editar]

Nas lojas de souvenirs que ficam dentro do Parque. Lá há roupas personalizadas,pelúcias(animais nativos),livros e miniaturas.

Coma[editar]

Tem cafeteria logo na entrada, no centro de visitantes. Durante o trajeto da trilha panorâmica existem lanchonetes de apoio, você vai precisar, ao menos para tomar uma água durante a caminhada.

Ao final do passeio, você encontrará a lanchonete com opções de fast food, café e também o Restaurante Porto Canoas (12-16h), que fica sobre o Rio Iguaçu, uma das mais belas vistas.

Beba[editar]

Nas lanchonetes de apoio durante a trilha, ou ao final do passeio, na lanchonete ou Restaurante Porto Canoas.

Durma[editar]

Há várias opções, para todo tipo de orçamento, tanto em Puerto Iguazú quanto em Foz do Iguaçu. É proibido acampar dentro dos Parques Nacionais.

Segurança[editar]

Você precisará de algumas coisas

  • Uma capa de chuva , pois quando você chega perto,espirra água
  • Um mapa(disponível nos caixas)caso você se perder
  • Repelente
  • Água

- Cuidado com os quatis,sua mordida e arranhadura transmite a raiva - Não ultrapasse as cercas de proteção do caminho e dos mirantes

Partir[editar]

Espero que tenha gostado da viagem, compartilhe com seus amigos o que fez!


Este artigo é usável. Ele contém informações sobre o parque, umas das suas atrações, e acomodações disponíveis lá. Uma pessoa mais corajosa poderia utilizá-lo para viajar, mas por favor mergulhe fundo e ajude-o a crescer!