Caminho da Iluminação

Da wiki Wikivoyage
Europa > Itália > Lácio > Caminho da Iluminação
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é um itinerário.


O Caminho da Iluminação é descrito no livro "Anjos e Demônios" de Dan Brown, como sendo uma sequência de marcos criados pelo escultor Gianlorenzo Bernini, que levam à Igreja da Iluminação, local de encontro secreto dos Illuminati.

Entenda[editar]

O Poema
A primeira pista do caminho é um suposto poema escrito nas margens de um livro nunca publicado de Galileu, que diz:


From Santis earthly tomb with demon's hole,

Cross Rome the mystic elements unfold,

The path of light is laid, the sacred test,

Let angels guide you on your lofty quest.


Que pode ser traduzido como:


Na tumba terrena de Santis, com cova do demônio,

Cruzando Roma os elementos misticos relevarão,

O caminho da iluminação está preparado, o teste sagrado,

Deixem que os anjos os guiem em sua busca sublime.

Prepare-se[editar]

Chegar[editar]

Circular[editar]

O falso marco[editar]

A primeira pista é incorretamente interpretada como referência ao túmulo de Raphael Sanzio, que está no Panteão de Roma.

Para acompanhar o livro é onde iniciaremos está jornada.

Terra[editar]

O primeiro marco verdadeiro é a Capela Chigi, túmulo da família Chigi, que foi projetada por Raphael Sanzio, portanto esta seria a tumba terrana de Sanzio.

Na capela encontra-se a estatua de Habacuc e o Anjo, esculpida por Bernini, o responsável por construir o caminho da iluminação.

Nesta escultura o Anjo apontaria para o próximo marco que estaria associado ao elemento ar. Conforme o verso: Deixem que os anjos os guiem em sua busca sublime.

Ar[editar]

A segundo marco está na Piazza di San Pietro (Praça de São Pedro), que pertence ao Vaticano, um país que não existia ainda na época de Bernini.

Nesta praça, há a escultura Respiro de Dio, escultura de Bernini em baixo relevo.

O sopro do anjo aponta na direção do próximo marco: fogo.

Fogo[editar]

O terceiro marco está na Igreja de Santa Maria della Vittoria, dentro da qual está a escultura O Êxtase de Santa Teresa de Ávila.

Nesta famosa escultura, também há um anjo junto a Santa Teresa, que aponta na direção do último elemento, a água.

Água[editar]

O quarto marco está localizado na Piazza Navona, e trata-se da Fonte dos Quatros Rios.

A fonte não possui um anjo, mas no topo do seu obelisco há uma pomba solitária, que seria uma representação do Anjo da Paz.

A pomba então aponta na direção da Igreja da Iluminação, local do encontro secreto dos Iluminatti.

Igreja da Iluminação[editar]

O final do caminho da iluminação está no Castelo Sant'Angelo, construído como mausoléu do imperador Adriano, posteriormente fortificado e utilizado pelo papas como refúgio em caso de ataque ao Vaticano.

Além do anjo, há mais duas indicações que apontam para o Castelo como Igreja da Iluminação. Os quatro marcos anteriores formam uma cruz sobre Roma, e o castelo está no caminho da cruz. Conforme o verso: Cruzando Roma os elementos misticos revelarão.

A terceira indicação é que, no topo do castelo, há um anjo esculpido por Bernini que aponta para baixo. Seguindo o verso: Deixem que os anjos os guiem em sua busca sublime.

Partir[editar]

Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!