Baixe o arquivo GPX para este artigo
-25.282197-57.6351Map mag.png

Assunção

Da wiki Wikivoyage
América do Sul > Paraguai > Assunção
Ir para: navegação, pesquisa


Assunção (em espanhol Asunción) é a capital e a cidade mais importante do Paraguai. Ao contrário de outras capitais do Cone Sul Sulamericano, como Buenos Aires, Santiago do Chile ou Montevidéu, Assunção não faz parte das principais rotas turísticas da América do Sul porque carece de grandes atrações que possam atrair visitantes. No entanto, aqueles que sí a visitam descobrem uma autêntica cidade latino-americana que conseguiu manter uma atmosfera calma e provinciana, conservando ao mesmo tempo monumentos interessantes de sua rica história e seu passado colonial. Assunção é, por outro lado, uma cidade próspera, com uma importante atividade comercial, uma oferta cultural que oferece interessantes museus, teatros e galerias de arte, uma ativa vida noturna, além de excelentes hotéis e restaurantes.

Entenda[editar]

Lapacho rosa árvores florescendo

A área metropolitana de Assunção (Gran Asunción) abriga uns 2,2 milhões dos 6,9 milhões de habitantes do Paraguai. É uma cidade cosmopolita e demograficamente jovem, com 65% dos seus habitantes com menos de 30 anos.

Numerosos monumentos e locais históricos da cidade recuperaram seu antigo esplendor graças às comemorações do bicentenário da independência do Paraguai, que ocorreram em 2011 e exigiram uma grande quantidade de obras de restauração em toda a cidade. Em 2012, inaugurou-se o novo passeio conhecido como la Costanera, ao longo da baía de Assunção, e acrescentou um novo espaço que era muito esperado pelos Asuncenos para correr, passear e se divertir em família. Ao redor da cidade existem avenidas arborizadas, pequenos parques e praças com vegetação abundante que quebram o sistema rígido do centro de Assunção. Durante os meses de julho e agosto, toda a cidade se enche de cor com o florescimento rosa e amarelo das árvores de lapacho, que crescem por toda parte.

História[editar]

Assunção foi fundada em 1537 pelo espanhol Juan de Salazar e Espinosa, membro da expedição de Don Pedro de Mendoza, primeiro Adelantado (conquistador) enviado pela Coroa da Espanha para colonizar o Rio de la Plata. O dia da fundação foi em 15 de agosto dia da celebração da festa da Assunção de Maria, por isso foi nomeada Nossa Senhora Santa Maria da Assunção. É o assentamento habitado continuamente mais antigo em todo o Rio de la Plata e em tempos coloniais era conhecida como Mãe de Cidades, porque desde ela partiran numerosas expedições para fundar outros assentamentos como Corrientes, Santa Fe, Buenos Aires e Santa Cruz de la Sierra. Assunção foi estabelecida na margem esquerda do rio Paraguai, ao lado de uma baía tranquila, o que a tornou um bom posto de observação. No ano de 1541 foi criado o primeiro Cabildo (Câmara Municipal), que transformou Assunção de um forte militar em um vilarejo civil e passou a ter uma autoridade local.

O primeiro presidente após a independência do Paraguai em 1811, José Gaspar Rodríguez de Francia, que governou o país de 1814 a 1840, começou a colocar um pouco de ordem no traçado urbano da cidade com o estabelecimento de ruas e blocos de casas. Durante o governo de seu sucessor, Carlos Antonio López, a ferrovia foi inaugurada e alguns dos belos edifícios do século XIX foram construídos. O próximo presidente, Marechal Francisco Solano López, no curto período em que residiu em Assunção antes de embarcar em sua catastrófica Guerra da Tríplice Aliança, construiu o maior dos edifícios da cidade, sua própria residência, hoje conhecida como o Palácio de Lopez. O centro da cidade de Assunção é um testemunho dos ideais históricos do século XIX, com nomes que refletem heróis e batalhas locais.

Durante a Guerra do Chaco de 1932-35, muitos edifícios públicos se tornaram hospitais e quartéis militares. Depois disso, Assunção continuou a se expandir em tamanho e população, para se tornar uma grande cidade contínua que inclui vários municípios dos arredores, como Lambaré, Fernando de la Mora, San Lorenzo, Luque, para citar apenas alguns que compõem a área metropolitana conhecida como a Grande Assunção.

Presente[editar]

Hoje Assunção é uma cidade movimentada e caótica com cerca de 600.000 habitantes no limite municipal e uns 2,5 milhões em sua área metropolitana. No entanto, atrás dos novos prédios altos e vidriados das sedes corporativas e dos shoppings, Assunção mantém uma atmosfera descontraída e tranquila. Ao visitar a cidade, uma mistura de três diferentes estilos arquitetônicos estará presente: o estilo colonial (presente nas casas e edifícios mais antigos do centro da cidade); o italianizante dos edifícios públicos e as primeiras mansões (com belos jardins) e a arquitetura moderna da América Latina (com grandes shoppings ao lado de casas residenciais).

O turismo tornou-se ultimamente um negócio muito importante para Assunção e é especialmente visível no eixo corporativo da Avenida Aviadores del Chaco e o bairro Villa Morra, onde o crescimento econômico dos últimos anos produziu uma infinidade de novos hotéis e lojas, além de novos bares e restaurantes inovadores. A maioria dos visitantes são empresários de países vizinhos da América Latina e turistas compradores da Argentina. Eles vêm para aproveitar os preços baixos em praticamente todos os itens à venda, desde refeições em restaurantes a produtos eletrônicos e até mesmo pneus para carros.

Quando ir[editar]

Assunção é um pouco ao sul do Trópico de Capricórnio, então o clima é quente subtropical. Isso significa que o clima quente, especialmente no verão boreal (quando é inverno no hemisfério norte). Entre novembro e março, a temperatura pode subir continuamente para mais de 38°C e a umidade pode ser alta e desconfortável. No entanto, o clima muda frequentemente de semana para semana. Quando o sol brilha e pode estar muito seco quando a chuva não se manifesta por algumas semanas. No inverno, as chuvas podem ser fortes e fazer com que a temperatura caia abruptamente de um dia para o próximo a cerca de 5°C.

Falar[editar]

A cidade, como todo o país, é oficialmente bilíngüe, com 79% das pessoas falam espanhol como primeira língua, e 20% têm o guarani como primeira língua. Português é entendido devido à proximidade do Brasil, mas sem algumas frases básicas em espanhol, pode ser difícil de se entender. O transporte público e toda a sinalização viária estão em espanhol. A maioria dos restaurantes tem menus apenas em espanhol e os garçons raramente falam outro idioma além do espanhol ou do guarani.

Eletricidade[editar]

A corrente elétrica em Assunção é de 220V e 50Hz, e as tomadas e plugs de dois pinos, é possível comprar tranformadores para 110V pelo preço de US$5.

Informações turísticas[editar]

  • 1 Senatur (Secretaría Nacional de Turismo), Palma 468, +595 21 441530, fax: +595 21 491230. O principal posto de informações chamado também Turista roga (casa do turista). Possui um centro de atendimento ao visitante e um showroom para a exposição e venda de artesanato e livros. Além disso, possui um posto de informações no aeroporto Silvio Pettirossi.
  • 2 Centro de Información Turística, Avenida Costanera. Centro de informações da Prefeitura de Assunção localizado na Avenida Costanera.

Chegar[editar]

De avião[editar]

  • De São Paulo, há voos regulares da TAM, e da Gol(com escala em Curitiba). De Buenos Aires voos diretos diarios da TAM, Gol e Aerolineas Argentinas (as duas últimas com tarifas promocionais, ida e volta a partir de US$ 130,00 incluindo a taxa de embarque). O Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi fica a aproximadamente 12 km do centro da cidade.
    • O taxi é uma boa opção para ir do Aeroporto, ao centro da cidade, custa em torno de G$ 50.000 (aproximadamente R$ 25,00) contados no taximetro, também é possível negociar uma corrida com valor fixo, existe um balcão de atendimento da cooperativa dos taxista dentro do aeroporto.
    • O serviço de remises custa em torno de G$ 80.000, podendo ser pago em moeda local ou dolares.

De barco[editar]

De comboio/trem[editar]

De autocarro/ônibus[editar]

Existem Linhas diárias regulares desde São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba

As empresas responsáveis pelo transporte são: Crucero del Norte; Pluma; Expreso Guarani (antiga Brujula); Sol del Paraguay e Rapido Iguazu.

Também está ligada às cidades do interior do país e demais capitais do Mercosul, principalmente Buenos Aires na Argentina com pelo menos quinze partidas diárias.

Todos partem/chegam pelo Terminal de Omnibus de Asuncion.

De carro[editar]

Circular[editar]

Mapa de Assunção

De comboio/trem[editar]

Não há mais serviço de trem na única linha ferroviária do país que ligava Assunção com Encarnación. O trem turístico que ligava Areguá aos domingos da Estação Jardím Botânico fechou em 2010. O belo edificio do século XIX. localizado ao lado da Praça Uruguaia, que foi uma vez a principal estação ferroviária do pais é agora um museu e local de eventos culturais.

De barco[editar]

De carro[editar]

De ônibus[editar]

É muito fácil circular pela cidade e pelos seus arredores com ônibus circulares. Em geral, perguntando na rua, a maioria das pessoas conhecem bem as linhas, não sendo difícil obter informações. O preço da passagem é de apenas 2300G$ (aproximadamente US$0,5 ou R$0,90 em 01/2010) sendo possível por exemplo ir até os municípios de Capiatá, San Lorenzo, Luque ou Fernando de la Mora apenas com uma passagem.

Veja[editar]

  • Palácio de Lopez, casa de governo - Av. Mariscal Francisco Solano López e/ Ayolas e Oleary
  • Centro Cultural Manzana de la Rivera (Conjunto de casas coloniais interligadas através do quintal que é comum a todas, que albergam galerias, teatro, biblioteca, museus etc) - Ayolas 129 esquina Benjamin Constant e Mariscal Francisco Solano López.
  • Casa de la Independencia - 14 de Mayo e Presidente Franco.
  • Muséu El Cabildo, Centro Cultural de la República, Av. República e Alberdi.
  • La Catedral, Independencia Nacional e Mariscal Francisco Solano Lopez.
  • Muséu Nacional de Bellas Artes, Mariscal Estigarribia e Iturbe.
  • Estación Central del Ferrocarril Carlos Antonio Lopez (Primeira estação de trem da América do Sul), Eligio Ayala e México.
  • Muséu Etnográfico Dr. Andrés Barbero, España 217 e Mompox.
  • Centro de Artes Visuales (Muséu do Barro), Gravadores del Cabichui esq./ Emeterio Miranda e Cañada.
  • Igreja San Francisco de Asis.
  • Panteón Nacional de los heroes (Uma réplica do Panteon de Paris, é o local onde estão os restos mortais dos principais heróis de todas as guerras disputadas pelo Paraguai) - Plaza de los Heroes, Palma esq./ Chile.

Faça[editar]

Eventos[editar]

Atividades[editar]

  • Uma caminhada pela Calle Palma, e uma passeio pelo microcentro, há muitas construções colonias dignas de ser vistas.
  • Visitar a feirinha da praça de la democracia, em frente ao Hotel Guarani (obra de Oscar Niemayer)
  • Não perca um passeio no Tren del Lago passeio turístico até a cidade de Ypacarai, com direito a show folclórico e teatro a bordo, todos os sábados e domingos, saídas da estação Botanico em Assunção.

Aprenda[editar]

Trabalhe[editar]

Compre[editar]

Coma[editar]

Econômico[editar]

Se for de ônibus para Assunção saindo do Brasil, não perca a oportunidade de comprar as tradicionais "Chipa Barrero". Quando o ônibus chegar nas proximidades de Eusebio Ayala (antiga Barrero Grande, que deu origem ao nome da comida), chiperas irão subir no ônibus vendendo chipas caseiras e saídas direto do forno, vale a pena experimentar, com o custo de apenas G$2000 por unidade (R$0,76).

Médio[editar]

Não é possível passar pelo Paraguai sem provar algumas comidas típicas, como a Sopa de Surubi (Pintado) ou as tradicionais empanadas de carne, queijo, milho ou presunto e queijo. Alguns lugares, não tão econômicos, porém com qualidade e tradição indistinguiveis são:


  • Lido Bar - Localizado em frente ao Panteón Nacional de los Heroes, na Calle Palma, é sem dúvida o local mais tradicional de comida rápida de Assunção. Não é estranho encontrá-lo lotado.

Alguns preços aproximados: - Empanadas G$7000 (R$2,70); - Sopa de Surubi G$30000 (R$11,50).


  • Bolsi - Localizado na esquina da Calle Estrella e 14 de Mayo, possui alta qualidade e ótimo ambiente,

Alguns preços aproximados: - Empanadas a partir de G$5000 (R$2,17); - Sopa de Surubi G$20000 (R$7,70).

Esbanje[editar]

Beba e saia[editar]

Durma[editar]

Econômico[editar]

Médio[editar]

Esbanje[editar]

Mantenha contato[editar]

Segurança[editar]

Saúde[editar]

Cotidiano[editar]

Partir[editar]

Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!