Parque Nacional Torres del Paine

Fonte: Wikivoyage
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Parque Nacional Torres del Paine

Torres del Paine banner.jpg

As Torres del Paine são uma das atrações turísticas mais importantes do Chile, atraindo anualmente milhares de turistas nacionais e estrangeiros. Localizado na Patagônia Chilena, o 'Parque Nacional Torres del Paine' é famoso por seus maciços andinos, geleiras e lagos que constituem um cartão postal inesquecível para seus visitantes.

O Parque Nacional Torres del Paine ocupa uma área de aproximadamente 242 hectares. É um dos maiores parques do país e um dos mais reconhecidos do mundo. É o terceiro parque nacional com mais visitas no Chile, dos quais cerca de 75% correspondem a turistas estrangeiros, principalmente europeus.

A principal atração é o próprio Torres del Paine, um pequeno grupo de montanhas cuja principal característica é que a base delas mostra sua composição de rocha granítica, e na parte superior, é possível ver os restos de rochas vulcânicas justamente de uma erupção que deu origem ao grupo montanhoso. Outras atrações do parque incluem os lagos Cuernos del Paine, os lagos Grey, Pehoé e Nordenskjöld, a geleira Grey e o acesso aos Campos de Gelo do Sul.

Chegar[editar]

Entrada do Parque Nacional Torres del Paine

A principal forma de chegar ao Parque Nacional Torres del Paine é por via terrestre partindo da cidade de Puerto Natales. Embora Puerto Natales tenha um aeroporto, sua pista é pequena, por isso o número de voos comerciais que chegam é menor. A maioria dos turistas chega ao Aeroporto Carlos Ibáñez del Campo em Punta Arenas. Existem voos diários de Santiago de LATAM e Sky Airline, bem como alguns voos de Concepción, Coyhaique, Puerto Montt, a cidade argentina de Río Gallegos e as Ilhas Malvinas. De Punta Arenas a Puerto Natales são 250 km ao longo da Rota 9.

Circule[editar]

Veja[editar]

Coma[editar]

Durma[editar]