Nova York

Da wiki Wikivoyage
Ir para: navegação, pesquisa
Nova York é uma metrópole com vários artigos de distrito, que contém listas de atrações turísticas, restaurantes, alojamento, bares e discotecas - considere imprimir a todos.

A cidade de Nova York (ou Nova Iorque, ou New York; também abreviada como NY ou NYC) é o centro da maior área metropolitana dos Estados Unidos da América. Seus mais 8 milhões de habitantes, com origens étnicas e culturais do mundo inteiro, formam a mais emblemática cidade americana, sendo de longe a mais povoada, tendo mais do que o dobro de moradores da segunda maior cidade Los Angeles.

É uma das cidades que mais recebem turistas no mundo, tanto para negócios como para lazer.

Distritos[editar]

Nova York é dividida em 5 boroughs:

New York City District Map.png
Manhattan
Brooklyn
Queens
Bronx
Staten Island


Entenda[editar]

Nova Iorque é a cidade mais populosa dos Estados Unidos e o centro da Região Metropolitana de Nova Iorque, uma das áreas metropolitanas mais populosas do mundo. É também a terceira cidade mais populosa da América, atrás de São Paulo e Cidade do México. A cidade exerce um impacto significativo sobre o comércio, finanças, mídia, arte, moda, pesquisa, tecnologia, educação e entretenimento de todo o planeta. Nova Iorque abriga a sede da Organização das Nações Unidas (ONU), sendo um importante centro para assuntos internacionais e amplamente considerada como a capital cultural do mundo. A cidade também é referida como Cidade de Nova Iorque (em inglês: New York City) para distingui-la do estado de Nova Iorque, do qual faz parte.

Fale[editar]

Inglês é a língua mais falada pelos novaiorquinos, entretanto é bem comum ouvir inúmeras línguas pelas ruas, e ver lojas em que os vendedores falam mais de uma língua. Há bairros que foram povoados por povos não anglófonos como os vários bairros hispânicos sendo o espanhol a língua mais falada nesses, e os bairros povoados por chineses, em que o cantonês, o mandarim são predominantes. Em ambas situações é capaz de não conseguir se comunicar em inglês, não é raro, fique atento à isso.

Com a grande leva de turistas brasileiros, há muitas lojas em que se pode ver placas dizendo que os vendedores falam português.

Orientação[editar]

A cidade é divida em 5 borough, e cada um deles é divido em bairros.

Manhattan é uma ilha longa e estreita situada em um porto natural. Ela é separada do The Bronx no nordeste pelo rio Harlem (na verdade, um estreito de maré); do Queens e Brooklyn, a leste e sul pelo East River (também um estreito de maré); e do Estado de Nova Jersey para o oeste e norte pelo rio Hudson. Staten Island fica a oeste sul, através Superior New York Bay.

Em Manhattan, os termos "uptown" e "north" significam nordeste, enquanto "downtown" e "sul" significa para o sudoeste. Para evitar confusão, basta usar "uptown" e "downtown".

As quadras são bem quadradinhas, e as ruas e avenidas não recebem nome e sim números. A numeração das ruas vão de Manhattan até o Bronx, e aumentam quando se afastam de uptown, (uma observação, no Bronx, não há nenhuma grade numérica simples, por isso pode haver sete quarteirões entre 167 St. e 170 St., por exemplo). Avenidas vão do norte para o sul. No Brooklyn, números de rua sobem à medida que se aproximam do sul. No Queens ruas são dispostas em uma grade perpendicular - a numeração das rua sobem à medida que se aproximam do leste, e a das avenidas vão do leste para o oeste. Sistema de grade de Staten Island é pequeno e insignificante, apenas cobrindo um bairro.

O termo "The city" (a cidade) pode se referir tanto a cidade de Nova York como um todo, ou a Manhattan sozinha, dependendo do contexto. Os outros bairros - Brooklyn, Bronx, Staten Island, e Queens - são muitas vezes referidos como os "outer boroughs" (boroughs mais afastados).

Clima[editar]

A região de NYC tem como clica o temperado continental úmido, ou seja, é presente todas as estações. Sendo inverno frio, chegando a nevar, entre dezembro e março, a primavera entre março e junho é chuvosa, seu verão quente e úmido entre junho e setembro, outono frio e seco entre setembro e dezembro.

População[editar]

Há uma gama muito grande de pessoas, variando entre etnias e condições sociais. A população da cidade é diversificada desde a sua fundação pelos holandeses, as sucessivas ondas imigratórias de praticamente todas as nações do mundo fazem de New York um gigante experimento social e uma fusão intercultural harmoniosa.

O patrimônio étnico cultural enaltece várias áreas da cidade, como Chinatown, em Manhattan, que continua a ser um vibrante centro da comunidade chinesa em Nova York, embora nos últimos anos, a grande comunidade chinesa em Flushing, Queens, rivalizou se não eclipsou-a em importância. Alias há ainda mais três outras "Chinatowns" em Nova York: Brooklyn Chinatown em Sunset Park, o Elmhurst Chinatown em Queens; e Avenida U Chinatown localizada em Homecrest, Brooklyn. Há comunidades chassídicas ("judaicas"), em Borough Park, Crown Heights e Williamsburg, Brooklyn, e ainda é possível observar traços de outrora próspera comunidade judaica no Lower East Side em meio aos restaurantes e bares da moda no bairro recém "revitalizado" devido a especulação imobiliária. O mesmo ocorreu com o Harlem, que foi diversificado, mas continua a ser um centro de cultura afro-americana. Harlem do Leste, ainda é um grande bairro hispânico. Pouco conhecido para a maioria dos turistas são os grandes bairros Dominicanos de Hamilton Heights e Washington Heights em Upper Manhattan. Greenpoint do Brooklyn é famosa por sua comunidade polonesa grande e vibrante, e a seção Flatbush - uma vez em casa para o Brooklyn Dodgers - é hoje o lar de uma enorme e próspera comunidade provinda do Caribe e Antilhas. Desde 1990 o Queens e Brooklyn recebem muitos dos grupos de imigrantes mais recentes, incluído um grande número de russos, uzbeques, chineses, irlandeses, franceses, filipinos, iugoslavos, indianos, paquistaneses, bengaleses, japoneses, coreanos, tailandeses, africanos, árabes (de todo o Oriente Médio e norte da África), mexicanos, dominicanos, equatorianos, brasileiros, colombianos e jamaicanos.

Economia[editar]

Sozinha, a cidade representa aproximadamente 9% da economia dos E.U.A., tendo um PIB aproximado de 1,3 trilhões de dólares no ano, sendo assim a segunda maior cidade em PIB do mundo, perdendo apenas para Tóquio. Além de ser o lar de algumas das maiores transnacionais e bolsas de valores do mundo.

Há uma grande quantidade de bancos de investimento localizados tradicionalmente na área ao redor de Wall Street, no distrito financeiro, embora muitos têm escritórios em outras partes da cidade, como Midtown. New York é o centro da indústria editorial, moda, contabilidade, publicidade, mídia, jurídicas, de teatro e de arte do país. A cidade dispõe de vários hospitais de primeira linha e escolas médicas, que treinam mais médicos do que os de qualquer outra cidade do mundo.

Chegar[editar]

De avião[editar]

A cidade conta com três grandes aeroportos, sendo o JFK e EWR, já o LGA é um aeroporto doméstico bastante movimentado. Há ainda outros aeroportos menores, como o TEB - Teterboro Airport, que também recebe a aviação executiva.

Transferências terrestres entre aeroportos[editar]

  • Ônibus/Metrô/Trem - Essa é a opção mais barata, mas no mínimo durará umas 2h para conseguir sair do JFK para o EWR, para o LGA, cerca de 1h30min sendo otimista... abaixo veja como chegar em cada aeroporto pelo metrô/ônibus/trem.
  • New York City Airporter Bus - Fornece serviços entre JFK, LGA e EWR por 24 USD, os ônibus partem a cada 20-30 minutos. Entretanto a transferência para o EWR exige que você troque de ônibus na estação Port Authority, tanto do JFK quanto para o LGA.
  • Vans - há empresas que fazem essas transferências entre aeroportos, mas não têm grande volume de horários, ETS Air Shuttle All County Express os trajetos custam entre LGA e JFK 10 USD , entre EWR e LGA 32 USD e 29 entre JFK e EWR.
  • Táxis - pode ser a opção mais rápida, e a mais cara, um táxi entre JFK e LGA vai custar cerca de 27 USD e deve demorar 30 minutos, 15 min sem trânsito. Um táxi entre LGA e EWR vai custar cerca de 78 USD + o pedágio e deve tomar 70 minutos, em condições excelentes 40 min. Um táxi entre JFK e EWR vai custar cerca de 85 dólares + pedágio e demora cerca de 70 minutos, sem transito, em condições de ótimo 45 min. Lembre-se que o trânsito de NY é caótico, principalmente em horário de pico, assim, pode ser que demore mais do que aqui estimado.


JFK - John F. Kennedy International Airport[editar]

Há aproximados 20 km da cidade, e 30 min de carro, o JFK é o maior e mais movimentado aeroporto NY, recebendo a maior parte dos voos internacionais, tendo 6 terminais (o sexto e o terceiro foram desativados):

  • Terminal 1: terminal internacional, para as companhias Aeroflot, Aeromexico, Air China, Air France, Alitalia, Austrian Airlines, Brussels Airlines, Cayman Airlines, China Eastern Airlines, EVA Air, Fly Jamaica Airways, Interjet, Japan Airlines, Korean Air, LOT Polish Airlines, Lufthansa, Meridiana, Royal Air Maroc, Saudia, and Turkish Airlines.
  • Terminal 2: Delta Air Lines (a maioria dos voos da Delta).
  • Terminal 4: JFK's newest international terminal, served by Air Europa, Air India, Arik Air, Asiana Airlines, Avianca, Caribbean Airlines, China Airlines, Copa Airlines, EgyptAir, El Al, Emirates, Etihad Airways, KLM, Kuwait Airways, Pakistan International Airlines, Singapore Airlines, South African Airways, Sun Country Airlines, Swiss International Air Lines, TACA Airlines, Transaero Airlines, Uzbekistan Airways, Virgin America, Virgin Atlantic, and XL Airways France, e alguns voos da Delta e JetBlue.
  • Terminal 5: JetBlue Airways (todos os voos de Aruba, Bermudas, Nassau, Bahamas, e Porto Rico), Aer Lingus, and Hawaiian Airlines.
  • Terminal 7: Air Canada, All Nippon Airways, British Airways, Cathay Pacific, Iberia, Icelandair, OpenSkies, Qantas, Sky King, UIA, United Airlines.
  • Terminal 8: American Airlines, Air Berlin, Finnair, LAN Airlines, Qatar Airways, Royal Jordanian, TAM Airlines, e US Airways.

Se nunca voou por este aeroporto, chegue antes para não se perder pelos terminais e, consequentemente, perder o voo. Ele também é super lotado, evite conexões por ele, e evite chegar em cima da hora.

Saindo e chegando do aeroporto[editar]

Do aeroporto, há diversas opções para ir até outras partes da cidade.

  • Trem/metrô: A opção mais econômica para chegar à cidade é pegar o AirTrain[1], que percorre todos os 9 terminais de passageiros e também chega a algumas linhas de metrô e trem. Cada viagem custa US$5, pagos na saída (no caso as estações de integração com o metrô), através das vending machines da MTA, empresa responsável pelos transportes públicos da cidade. Há duas linhas:
  • a verde chega à estação Howard Beach, onde se pega a linha A do metrô para o Brooklyn e para Manhattan (sentido 207 St). Atenção: para voltar para o aeroporto, pegar a linha A com destino a Far Rockaway ou a Rockaway Pk, e nunca a que vai para Lefferts Blvd
  • a vermelha vai para a estação Sutphin Boulevard/Jamaica, com conexão com as linhas J e Z do metrô para Williamsburg e Manhattan, com a linha E para Midtown e Downtown Manhattan e com a linha de trem da LIRR para Long Island
  • Táxi - Tarifa fixa de 52 USD + gorjetas (15-20%) + pedágios (até 5,50 USD) para Manhattan. Em horários movimentados, a fila para tomar táxis pode ser grande, principalmente em caso de chegada de voos ao mesmo tempo.
  • Vans - Serviços como o SuperShuttle ou o AirlinkNY levam vários passageiros em vans até o destino na cidade, por metade do preço do táxi.

EWR - Newark Liberty International Airport[editar]

Também um aeroporto internacional, no estado vizinho de New Jersey, há aproximados 15 km da cidade de NY e 20 min de carro. Seu nome recebeu o "liberty" após o atentado de 11 de setembro de 2001, em homenagem aos mortos, já que os aviões sequestrados partiram deste aeroporto. Graças a isso, a "segurança" foi reforçada, e o embarque pode demorar muito, principalmente segundas-feiras pela tarde, onde há menos funcionários para fazer a vistoria. Chegue, assim, cerca de 2 horas antes, nas segundas-feiras, para não perder os voos.

Ele é composto com 3 terminais:

  • Terminal A: Air Canada, Alaska Airlines, American Airlines, JetBlue, Southwest Airlines, US Airways, Virgin America, e alguns voos da United Airlines.
  • Terminal B: Air India, Austrian Airlines, Avianca, British Airways, Cathay Pacific, Delta, EL AL, Icelandair, Jet Airways, La Compagnie, Lufthansa, OpenSkies, Porter Airlines, Scandinavian Airlines, Swiss International, TAP Portugal, Virgin Atlantic,
  • Terminal C: United Airlines.
Para sair e chegar no aeroporto[editar]

Nessa seção vamos fazer todo mundo ir até o centro da cidade, ou vir do centro da cidade, para informações para ir para outras localidades, procure por distrito.

ônibus
  • New Jersey Transit Bus #62 + PATH subway - a opção mais barata, custa 1,5 USD a passagem só de ida. Para em frente ao terminal do aeroporto e vai até a Newark Penn Station, lá pegue o PATH subway train (2 USD) para a estação World Trade Center (25 min) ou para Journal Square, nessa estação você pode fazer a baldeação para a linha Journal Square-33rd Street que desce a sexta avenida (6th Avenue).
    Obs: Essa linha rota é muito utilizada por locais, não por turistas, assim pode ser que seja o único viajante, não espere pessoas solicitas para lhe ajudar.
  • Newark Airport Express Bus - tem ônibus a cada 15 min saindo do Terminal C ( nos pontos de ônibus 5 e 6) e passando pelo B (faixa [lane] 2) e pelo A (faixa 5), custa 16 USD a viagem só de ida e 28 USD ida e volta; o bilhete deve ser comprado do cobrador que eles chamam de operations supervisor, que não estará presente em todas as estações, compre o ticket quando ele estiver à bordo. Todos vão até 42nd street (com a 5th Avenue) em Manhattan, ele para na Port Authority Bus Terminal (PABT), e na Grand Central Terminal, antes do ponto final, a viagem até o fim demora cerca de 40 min, altamente dependente do tráfego. Para voltar os mesmos pontos citados para descer Grand Central Station (41st Street entre o Park e a Lexington Avenues), Bryant Park (42nd Street e a 5th Avenue), Port Authority Bus Terminal (41st Street entre a 8th e 9th Avenues).
    Obs:De tarde esse ônibus tende a lotar, então esteja com folga no horário pra pegá-lo nos horários de rush.
trem
  • Para chegar na estação de trem você tem que fazer um passeio com um "bondinho", o AirTrain Newark, que custa 5,50 USD, e lhe deixa na Newark Airport Rail Station, a viagem dura uns 10 min. Nessa estação você pode pegar o NJ Train, para New York Penn Station (entre as 34th Street e 8th Avenue), e custará mais 6,00 USD. Também há a opção de pegar os trens Amtrak, mas só se você for para a costa leste, pois ele até vai para Manhattan, mas custa cerca de 35 USD! Se gostar de conforto é uma opção também.
    Obs: O NJ Transit para em duas estações com mesmo nome, "Penn Station" uma em Newark e outra em Nova Iorque, obviamente, espere pela segunda...

LGA - LaGuardia Airport[editar]

LGA é um aeroporto doméstico, bastante lotado.


De barco[editar]

De comboio/trem[editar]

De autocarro/ônibus[editar]

De carro[editar]

Circular[editar]

De metrô[editar]

O metrô de Nova York é bem velho, com as estações mal-conservadas e sujas, mas tem suas vantagens: atravessa grandes distâncias em relativamente pouco tempo, vai a muitas partes da cidade e muitas linhas funcionam a noite inteira. Os bilhetes Metrocard são vendidos em máquinas apenas, com dinheiro e principalmente com cartões de crédito. Uma viagem simples custa US$2; é bem vantajoso comprar um bilhete válido por uma semana, por US$24 (ou 30 dias por US$76), com direito a um número indeterminado de viagens e válidos também nos ônibus da MTA.

De autocarro/ônibus[editar]

Há linhas de ônibus para quase todos os lugares e, como tudo na vida, tem lá suas vantagens e desvantagens. São muito mais novos e limpos que o metrô e pode-se desfrutar da vista, porém demoram muito mais tempo, pois há semáforos em praticamente todas as esquinas, muitos carros e longos congestionamentos. Os bilhetes e tarifas são iguais aos do metrô. Só embarque num ônibus na posse de um bilhete válido.

De barco[editar]

Há inúmeras linhas de ferry na cidade, operados por diversas companhias. A mais famosa é a que vai do extremo sul de Manhattan para Staten Island. OS bilhetes da Metrocard não valem nas balsas.

De carro/táxi[editar]

Carros são uma péssima opção de transporte numa cidade com excesso de veículos e falta de espaço. Os táxis são outra aventura. Os motoristas, normalmente estrangeiros, não sabem ou fingem não saber o que estão fazendo direito. Encontrá-los vazios é tenso.

Veja[editar]

Ambox important.svg
Nova York é uma metrópole, e por isso, todos os itens particulares devem ser movidos para os artigos de distritos respectivos, e esta seção deve conter um resumo breve. Por favor, ajude a mudar os itens listados se você conheça a cidade.


  • 5th Avenue, entre a 60th Street e a 34th Street, a 5th Avenue é cheia de lojas chiques. De Midtown até o Upper East, a avenida abriga uma série de edifícios famosos, como o Empire State Building, a Biblioteca Pública de Nova York, o Rockefeller Center, entre outros.
  • Bryant Park ótimo parque público para ler um livro ou descansar, fica atrás da New York Public Library
  • Central Park inaugurado em 1857, é um lugar para quem busca fugir um pouco da selva de concreto, além de ser cenário de muitos filmes e séries.
  • Empire State Building, 350 Fifth Avenue, entre as ruas 33rd e 34th, US$ 18 para visitar o observatório: [2]
  • Grand Central Station maior estação ferroviária do mundo. Faz ligação com o metrô através da estação adjacente Grand Central–42nd Street. Localizado na 42th com a Park Avenue, é também um lindo ponto turístico que contém uma loja da Apple e um mercado, com uma imensa variedade de comidas.
  • Rockfeller Center localizado no centro de Midtown Manhattan, entre as ruas 48th e 51st. Além de ser um observatório muito procurado por quem visita a cidade e deseja ter uma vista privilegiada, o complexo de 19 edifícios comerciais possui uma praça com pista de patinação no gelo, grande atração para crianças, adolescentes e até adultos. Entre novembro e dezembro, o lugar também abriga uma árvore de natal de 21 a 30 metros.
  • Statue of Liberty localizada na Liberty Island, a Estátua da Liberdade, inaugurada em 1886, é um dos maiores símbolos de Nova York. Para visitar, é necessário a compra de bilhetes turísticos que incluem o passeio de Ferry Boat até a ilha, ainda que o visitante não tenha permissão para adentrar no monumento. Também há uma série de outras possibilidades de transporte até a ilha, como water taxi.
  • Times Square compras, luz e compras 24h. Um dos pontos turísticos mais visitados do grupo, Times Square conta com uma imensidão de lojas e restaurantes, além de ser por si só um atrativo, devido a grande quantidade de cor e luzes que iluminam o local, e até mesmo atrações de rua, como artistas que se apresentem em troca de moedas, entre outros. O local também fica ao lado da Broadway, que conta com uma infinidade de teatros, prencipalmente musicais.
  • MoMA, Museu de arte moderna, localizado na 11 West 53 St., entre 5th e 6th ave, tel. (212) 708-9400, de 4a. a 2a., das 10h30 às 17h30 (fecha às 3as.). É um dos museus de arte moderna mais importantes do mundo, contanto com um acervo de mais de 1.500 pinturas, esculturas, fotografias, etc, além de abrigar algumas exposições temporárias.
  • Museu de História Natural, 79th St. junto ao Central Park West, das 10h às 17h45. Esse museu é um dos mais populares do mundo nessa área, contanto com um acervo de 32 milhões de exemplares que contam a história de plantas e animais do planeta. O Museu de História Natural também é um dos pontos turísticos escolhidos para servir como cenário para filmes, como Uma Noite no Museu.
  • Galerias de arte de Chelsea, nas ruas 23, 24, 25, 26, na altura das avenidas 9 e 10. É como se você entrasse nos vários ambientes de uma Bienal, com muita arte moderna. E melhor: tudo de graça.
  • Solomon R. Guggenheim Museum, 1071 Fifth Avenue (junto à 89th St.). Construído por Frank Lloyd Wright, o museu tem muitas exposições temporárias. Vale a pena verificar. Fecha na 5a-feira. O museu por si só já uma obra, devido a sua arquitetura. [3].
  • Chrysler Building, 42th str. O terceiro prédio mais alto da cidade, sendo a primeira construção a ultrapassar os 305 metros de altura e dele foram transmitidas as primeiras imagens coloridas de televisão em 1940.
  • Intrepid, um porta-aviões trnasformado em museu. Ao seu lado estão os Concord e um submarino.
  • ONU, sede da ONU, 42th
  • Brodway. São mais de 40 teatros localizados entre as ruas 40 e 57, e 6ª e 8ª Avenidas.
  • Metropolitan, 1000 5ª Ave w/ 82 St.. 25U$ (sugeridos). É impossível ver tudo num dia só, uma vez que o acervo conta com peças que vão de arte grega e romana até pinturas de Van Gogh.
  • Museum of Arts and Design, 2, Columbus Circle.
  • Madame Tussaud's. tire foto com uma cópia em cera de seu artista favorito
  • New York Public Library, biblioteca pública localizada em Manhattan, sendo uma das maiores dos Estados Unidos e uma das maiores redes de pesquisa em bibliotecas do mundo. É um ponto turístico muitas vezes esquecido, mas que vale muito pena, já que o prédio é extremamente bonito, tanto no exterior quanto no interior.
  •    Brooklyn Bridge. Foi a primeira ponte de aço suspensa do mundo e suas imensas torres de suporte já foram as estruturas mais altas de toda a cidade de Nova Iorque.

Faça[editar]

O Central Park.
  • Tome sorvete na Brooklyn Ice Cream Factory, situado numa casinha linda, 1 Water St., Brooklyn, quase debaixo da ponte de mesmo nome.
  • Passeie pelas pontes do Brooklyn e de Manhattan, e no parque sob elas, na beira do East River, no Brooklyn, com o skyline de Manhattan ao fundo. O pôr do sol é fantástico, principalmente se adoçado com o sorvete da loja acima.
  • Coma um cachorro-quente próximo a um lago no central parque.
  • Visite o Met Life Stadium no subúrbio de Nova York para assistir uma partida de futebol americano do New York Giants ou do New York Jets, os times da cidade que dividem o estádio. O estádio em si é uma atração a parte, com lojas vendendo lembrancinhas e as tradicionais lanchonetes vendendo cachorro-quente no melhor estilo americano.
  • Museu Nacional do 11 de Setembro, Lower Manhattan, Nova Iorque. Conheça o Museu Nacional do 11 de Setembro, inaugurado em maio de 2014, construído aonde estava localizado o subsolo das Torres Gêmeas do World Trade Center. Conta com exposições multimídia, depoimentos e objetos das vítimas, encontrados no local ou doados pela família. O museu ainda conta com equipamentos utilizados no resgate e partes das estruturas de metal do prédio.
  • Teatro, Theater District. Veja um espetáculo da Broadway. Independente da escolha da peça, você se depara com cenários e efeitos impressionantes.
  • Empire State, 350 5th Ave, New York. Não deixe de subir no Empire State Building. No Observatório do 86º andar, você observa toda a beleza da cidade, com uma vista privilegiada. Evite dias nublados e escolha ir à noite, para ver a cidade iluminada.

Eventos[editar]

Atividades[editar]

Aprenda[editar]

Trabalhe[editar]

Compre[editar]

Ambox important.svg
Nova York é uma metrópole, e por isso, todos os itens particulares devem ser movidos para os artigos de distritos respectivos, e esta seção deve conter um resumo breve. Por favor, ajude a mudar os itens listados se você conheça a cidade.


  • Macy's, 5th Avenue. A maior loja do mundo, com objetos de decoração, cosméticos, perfumes e roupas.
  • Moss, 150 Greene St, tel. (212) 204-7100. Objetos de design. Mesmo sem comprar, vale a pena ver.
  • Cappellini 152 Wooster St., tel. (212) 966-0669. Design de móveis.
  • BDDW, 5 Crosby St., tel. (212) 625-1215. Mesas e armários inacreditáveis. Também já vale a visita.
  • Urban Outfitters, 628 Broadway, tel. (212) 475-0009. Roupas e acessórios.
  • Max Brenner, Union Square. Chocolates.
  • ABC Carpet, 888 Broadway, com E 19th St. Megaloja de objetos de decoração.
  • MoMA, 11 West 53 St., 44 West 53 St., 81 Spring St. Lojas do Museu de Arte Moderna, com muitos objetos de desejo.
  • Ilori, 138 Spring St., loja de óculos com muitos modelos legais e atendimento sem frescuras [4]
  • Bodum, 413-415 W. 14th St. Loja de coisas para cozinha, com muitas ofertas.
  • Uniqlo, 546 Broadway. Loja de roupas: design japonês, preços latinos. [5]
  • Printed Matter Inc., 195 10th Ave., 10011, tel. (212) 989-7243. Livraria que só vende fanzines e alguns objetos de arte. Qualquer pessoa pode submeter seu fanzine, enviando as 10 últimas edições. Se aprovado pela curadoria, eles passam a vender na loja. [6]
  • MAC, Fifth Ave. maquiagem dos sonhos
  • ZARA, (39, W 34th St).
  • Apple Store, 59th St. com 5ª Ave.
  • Century 21. Diversas marcas e produtos com descontos imperdíveis.

Coma[editar]

Ambox important.svg
Nova York é uma metrópole, e por isso, todos os itens particulares devem ser movidos para os artigos de distritos respectivos, e esta seção deve conter um resumo breve. Por favor, ajude a mudar os itens listados se você conheça a cidade.



  • Magnolia Bakery, várias lojas. os melhores cupcakes do mundo e um pudim de banana sem igual.
  • Jo Jo, 160 E 64 St. entre Lexington e 3rd. Ave..
  • Gray´s Papaya, 402 Avenue of the Americas.
  • Dallas BBQ. Costela regada ao molho Barbecue e frango frito.
  • Taco Bell. Lanche feito com massa de Nachos.

Económico[editar]

  • Whole Foods, Houston St com 2nd Ave, junto à estação 2 Ave das linhas F e V, e também na Union Square e outros endereços. Rede de lojas com supermercado de produtos orgânicos, restaurante por quilo (por pound, para ser mais exato) e sopas por porção. Comida excelente a preços sem igual na cidade. Buffet de saladas e pratos quentes por US$8/pound (meio quilo).
  • Zen Palate, 34 Union Square East, 663 Ninth Ave. (com 46th St) e 104 John Street. Restaurante vegetariano asiático.
  • Sesame, 160 Smith St., Brooklyn, entre Bergen e Wyckoff. Comida thai, boa, farta e barata. Abre do meio-dia ass 22h30; 6as e sábados até as 23h.
  • Dally, existem várias

Médio[editar]

  • Churrascaria Porcão, 360 Park Av. South, esquina com 26th Street, tel. (212) 252-7080, [7]. Primeira locação nos EUA da maior cadeia de rodízio no Brasil.
  • Marlow & Sons, 81 Broadway, Williamsburg, tel. (718) 384-1441. Apesar do cardápio ser falado, tenha calma e arrisque: a comida é excelente e o lugar é para lá de aconchegante. [8]
  • Lil' Frankie's, 19 First Ave., o melhor brunch do fim de semana.
  • Frankie's Spuntino, 457 Court Street, Brooklyn. Comida italiana de primeira e você ainda se arrisca a ver um show dos amigos do dono dando uma palhinha num galpão que existe no quintal da casa.
  • Odeon, 145 West Broadway. O hambúrguer de atum é sem igual. Precisa fazer reserva para jantar. [9]
  • The View, localizado no topo do Hotel Marriott na Times Square. Restaurante giratório.
  • The Spotted Pig, localizado no charmosa East Village. O primeiro Gastropub de Nova York, oferece a gastronomia da Chef April Bloomsfield em um ambiente acolhedor para almoços, jantares e brunches. Lugar favorito de diversas celebridades.

Esbanje[editar]

Beba e saia[editar]

Ambox important.svg
Nova York é uma metrópole, e por isso, todos os itens particulares devem ser movidos para os artigos de distritos respectivos, e esta seção deve conter um resumo breve. Por favor, ajude a mudar os itens listados se você conheça a cidade.


  • Tabac, 128 Smith St, Brooklyn. Muito legal para comer uns peticos e beber
  • Blaue Gans, 139 Duane St., perto da West Broadway, tel. (212) 571-8880. Especialidades austríacas, num clima muito novaiorquino. A cerveja austríaca é deliciosa.

Durma[editar]

Mantenha contato[editar]

Segurança[editar]

Nova York é um das cidade mais seguras da América. Com uma taxa de criminalidade baixa, aqui poderá visitar as suas a atrações turísticas favoritas, andar de metro, de autocarro ou de táxi sem a necessidade de se preocupar com a sua segurança. No entanto, durante a sua visita a Nova York seja cauteloso e não transporte a sua carteira no bolso de trás das calças ou da mochila e não deixe os seus pertences sem supervisão.

Tenha também especial cuidado com as áreas mais perigosas de Nova York, pois apesar da criminalidade ser baixa neste Estado, existem zonas que são muito apetecivéis para os carteiristas e para os turistas que visitam pela primeira vez esta cidade.

Saúde[editar]

Cotidiano[editar]

Partir[editar]

Este artigo está delineado e precisa de mais conteúdo. Ele já segue um modelo adequado mas não contém informações suficientes. Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!
40.7193; -74.0019Internet-web-browser.svg