27.981186.8286Map mag.png

Gorak Shep

Fonte: Wikivoyage
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Gorak Shep (ou Gorakshep) é uma localidade no Nepal.

Entenda[editar]

É um pequeno povoado que fica às margens de um lago congelado e coberto de areia de mesmo nome. Ele está localizado a uma altitude de 5.164 metros, perto do Monte Everest. O povoado não é habitado durante todo o inverno. Gorak Shep significa "corvos mortos", devido à total falta de vegetação neste local.

Chegar[editar]

Vista vindo do sul

Gorak Shep está localizado dentro do Parque Nacional de Sagarmatha (Sagarmatha National Park), lar do povo sherpa, famoso por suas habilidades como guias e escaladores. É a última parada da caminhada para o Campo Base do Everest '(Everest Base Camp)' que normalmente se inicia em Lukla (2.860 m), seguindo o que o Dalai Lama apelidou de "os passos para o céu".

Esta rota leva de Lukla a Namche Bazaar, Tengboche, Pangboche, Dingboche, Lobuche e depois a Gorak Shep. A maioria dos trekkers passa a noite lá, pois suas licenças de trekking não os permitem acampar no acampamento base do Everest.

Além disso, Gorak Shep fornece o melhor "trampolim" para a subida do monte Kala Patthar, que se parece com uma duna gigante pairando sobre o fundo do lago. Para muitos dos trekkers, o pico de Kala Patthar, com 5.550 metros de altura, oferece as melhores vistas do Everest, que a maioria alcançará sem precisar de uma licença de escalada, que deve ser obtida em Katmandu, na "Associação de Montanhismo do Nepal".

A escalada começa de manhã cedo antes do sol nascer, quando a visibilidade costuma ser melhor. Demora quatro horas para chegar ao cume e voltar. O tempo necessário para ir de Gorak Shep ao acampamento base do Everest varia de 2,5 a 4 horas, dependendo do clima, aclimatação e condição física de cada indivíduo.

Quando ir[editar]

As melhores épocas para o trekking são a primavera (março e abril) e o outono (outubro e novembro), quando a visibilidade da montanha é ideal e a temperatura não é excessivamente baixa. No entanto, no outono, a competição por um lugar nos lodges pode ser intensa, embora se possam normalmente dormir no chão da sala de jantar se estiverem os quartos lotados.

No inverno, nos meses de dezembro a fevereiro, é possível fazer trekking, mas a grande maioria das acomodações está fechada, os caminhos estão cobertos de neve e o frio é muito intenso.

Notas históricas[editar]

Gorak Shep foi o acampamento base original do Everest, usado por montanhistas suíços em sua tentativa de escalar o Everest em 1952. Mais tarde, o acampamento foi movido para mais perto da montanha, logo abaixo da cascata de gelo Khumbu.

Mapa do Everest Base Camp Trekking

.

'O visto é obrigatório' (Visa On Arrival (VOA) para titulares de passaporte brasileiro (com data de validade de menos de 6 meses) ao entrar no Nepal, o preço em 2021 era [1]:

  • 15 dias 30 USD.
  • 30 dias, 50 USD.
  • 90 dias 125 USD.

Duas fotos de passaporte também são necessárias para concluir o processo de emissão do visto.

Duas autorizações são necessárias para chegar ao Everest Base Camp, incluindo a autorização para entrar no Sagarmatha National Park.

De avião[editar]

O único aeroporto é o de Lukla, de onde se inicia o trekking.

Gorak Shep pode ser alcançado em cerca de 3 horas a pé de Lobuche a 4.940 m, a última etapa do longo trekking para o Acampamento Base do Everest.

Vista da vilarejo

Veja[editar]

Monte Kala Patthar
Campo Base do Everest

Faça[editar]

As três opções são subir o Kala Phattar, ir ao Campo Base do Everest ou apenas todo o cenário que está em volta.

Compre[editar]

Não há lojas, mas os lodges mantêm um estoque de itens de primeiras necessidades, tais como filme para câmera, baterias, pastilhas de garganta, ataduras etc - mas lembre-se que os preços sobem junto com a altitude - e Gorak Shep é o ponto mais alto de toda a trilha.

Coma[editar]

Não existe outra alternativa a não ser ter o café de manhã e o jantar no local que você vai dormir.

Durma[editar]

Existem em Gorak Shep cinco lodges que variam pouco entre eles, dois deles são:

Internet[editar]

Embora os 'lodges' em Gorak Shep sejam muito simples, comodidades mais modernas tornaram-se disponíveis nos últimos tempos, como o acesso de alta velocidade à Internet via satélite.

Partir[editar]

A única opção é voltar pela trilha que te trouxe a Gorak Shep. Se sobrarem dias disponíveis exitem durante a descida algumas rotas alternativas como visitar Gokyo ou Chukhung


Este artigo é um guia. Ele tem informações repletas sobre o assunto abordado, mas especificações podem faltar.

Mergulhe fundo e ajude-o a crescer!