Sóchi

Da Wikivoyage
Ir para: navegação, pesquisa
View on Sotsji from black sea.jpg

Sóchi (Cо́чи) é um dos lugares mais ao sul da Rússia e a segunda maior cidade do Krai de Krasnodar, ao longo da costa do Mar Negro, cerca de 1.600 km ao sul de Moscou. Tem uma população de 415 mil. Sóchi tornou-se mundialmente conhecida em 2007, quando ganhou o direito de sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno de 2014 [1].

Entenda[editar]

Sóchi tem os apelidos de 'Capital de Verão' não-oficial da Rússia, e Pérola do Mar Negro. Este é o maior e mais movimentado balneário de verão do país, atraindo mais de 4 milhões de visitantes anualmente para sua incrível costa montanhosa, praias de seixos intermináveis, dias quentes e ensolarados, e vida noturna agitada. De maio a setembro, a população de Sóchi no mínimo dobra com os turistas, incluindo celebridades e a elite política do país.

Estranhamente, apenas 3% desta multidão de visitantes são viajantes internacionais, e a localização fronteiriça da cidade não ajuda a mudar a situação. Talvez o mais famoso visitante estrangeiro não-político de Sóchi foi o cantor Bono, convidado para passar algum tempo na residência do presidente Medvedev em 2010. Mas, em geral, a cidade continua a ser um destino muito doméstico, um pouco carente em infra-estrutura internacional adequada e com os mesmos problemas de barreira da língua que a maioria dos centros regionais da Rússia.

Outro paradoxo é que a cidade, sempre associada na mentalidade nacional com um estereótipo "sul, palmeiras e clima quente", ganhou a candidatura olímpica de Inverno de 2014. Este fenômeno provavelmente nunca será completamente entendido por russos: de todas as centenas de lugares em que o país tem um inverno de verdade, logo Sóchi? As respostas são: 1, ausência de geada severa, e 2, Krasnaya Polyana, uma estância alpina muito promissora, na área da cidade. A explicação mais pragmática é o destino sortudo de Sóchi. O mais famoso ditado russo sobre a cidade é "Se eu pudesse ler as cartas, eu viveria em Sóchi" ("Знал бы прикуп - жил бы в Сочи"). Inicialmente vindo do jogo de baralho de Preferência, este provérbio mostra a associação de Sóchi e seus habitantes com o fator sorte, aliás, com fortunas acidentais e imprevisíveis.

Bem, talvez uma sorte tão olímpica vai ajudar a cidade a chegar além das fronteiras nacionais, e se tornar um site verdadeiramente global. Sóchi tem muitas atrações a oferecer para quem gosta de natureza, esportes, história, lazer e praia ensolarada. Esta Pérola Negra marinha ainda espera para ser descoberta.

História[editar]

Inverno em Sóchi

O território onde hoje fica Sóchi é habitado há milhares de anos, povoado por tribos caucasianas de montanha, e recebeu influência e domínio dos gregos, romanos, bizantinos, abkhásios e otomanos. Alguns marcos históricos de civilizações anteriores permanecem, incluindo mesas de pedra da idade do bronze e templos bizantinos medievais.

O Império Russo aproximou-se dessas terras no início do século 19, e depois de uma guerra com o Império Otomano, os anexou em 1829. Logo depois, em 1838, autoridades russas estabeleceram o forte de Alexandria, no local onde hoje é o centro da Sóchi moderna, e mais dois fortes no moderno bairro Lazarevskoe da cidade. Alexandria foi renomeada várias vezes, até fixar o nome Sóchi (o nome de um rio local) em 1896.

No início do século 20, Sóchi tornou-se conhecida como resort. Em 1902, o primeiro edifício de banho em Matsesta foi construído e em 1909 o resort oficial chamado "Riviera Caucasiana" foi aberto. Logo antes da revolução de 1917, Sóchi obteve ao mesmo tempo o seu estatuto de cidade e a estrada de ferro ligada com o resto de Rússia. Mas o serviço ferroviário regular começou apenas seis anos mais tarde, após a Guerra Civil Russa, que terminou com a vitória dos bolcheviques. A cidade foi crescendo muito lentamente (de 13.000 em 1916 para 17.000 em 1932).

A situação mudou em 1934, quando uma reconstrução geral de Sóchi foi iniciada pelo governo de Stalin. Em apenas sete anos, de 1932 a 1939, a população da cidade disparou de 17.000 para 72.000. Novas estradas, teatros, parques, hotéis e resorts spa foram construídos, fazendo Sóchi muito parecida com o que pode ser visto hoje.

Em 1961, as autoridades decidiram incorporar os assentamentos vizinhos em Sóchi, dando início à história da Grande Sóchi (Большой Сочи).

Após o colapso da União Soviética, Sóchi assumiu o papel de residência tradicional de verão do presidente da Rússia, substituindo a Criméia, que se tornou uma parte da Ucrânia independente.

Em 2007, a cidade abriu um novo capítulo na sua história ao vencer o concurso da cidade sede dos Jogos Olímpicos de 2014. O volume de obras é enorme, incluindo a nova infra-estrutura (estradas, saneamento, aeroportos e portos, etc), instalações esportivas (indoors e outdoors), edifícios comerciais e residenciais. O novo visual de Sóchi já começou a transformar as características daquele que já foi uma vez um resort nacional soviético.

Chegar[editar]

De avião[editar]

A porta de entrada principal de Sóchi é o Aeroporto Internacional de Sóchi[2] (IATA: AER ICAO: URSS), que está localizado no distrito de Adler, no caminho para Krasnaya Polyana. Foi totalmente reconstruído durante a preparação para os Jogos Olímpicos de 2014. O novo terminal foi aberto em 2010, dando à cidade uma chance de se tornar um importante pólo aéreo regional.

Horário de voo varia dependendo da época com o número máximo de vôos entre maio e setembro. Durante o inverno, é muito comum haver atrasos devido às condições meteorológicas. Alternativamente, podem ser usados os aeroportos de Krasnodar ou Gelendzhik.

Voos Internacionais[editar]

Existem ligações aéreas regulares com Viena (Austrian Airlines [3]), Istambul (Turkish Airlines [4]), e Tel-Aviv (DONAVIA [5]).

Países da antiga União Soviética também estão ligados a Sóchi: Yerevan, Armênia (Armavia [6]), Tashkent, Uzbequistão (DONAVIA), Minsk, Belarus (Belavia [7]), Chisinau, Moldova (Air Moldova [8]), e Dushanbe, Tajiquistão (Tajik Air [9]).

Hall de Desembarque do Aeroporto de Sóchi

Voos Domésticos[editar]

Vários voos por dia conectam Sóchi com Moscou, São Petersburgo e outras grandes cidades da Rússia, como Kazan, Krasnodar, Krasnoyarsk, Perm, Rostov-no-Don, Samara, Yekaterinburg, etc.

Key carriers:

Do aeroporto para a cidade[editar]

De ônibus / marshrutka:

  • 51 - do aeroporto até Adler (mercado central)
  • 105, 124 - do aeroporto até a estação ferrovíaria central de Sóchi
  • 135 - do aeroporto até Krasnaya Polyana.

De táxi: O serviço de táxi no aeroporto é caótico, os taxistas raramente falam inglês, e o preço declarado para um passeio pode ser inadequado. Para se proteger, marque com antecedência. O preço varia muito, dependendo da área que se vai. Um passeio para Adler custa 300-500 RUR, para Cental Sóchi 800-1000 RUR, para Krasnaya Polyana 1.200-1.600 RUR. Para partes mais remotas da Grande Sóchi, como Lazarevskoe, custará até 4000 RUR.

De trem[editar]

Sóchi tem dois terminais ferroviários, em Sóchi Central e Adler. No entanto, a maioria dos trens fazem paradas curtas em pequenas estações da Grande Sóchi: Lazarevskaya, Loo, Dagomys, Matsesta e Khosta. Os ingressos podem ser comprados no website Ferrovias da Rússia [19] (no momento o serviço está disponível apenas em russo), nos balcões RZD, ou via agências de viagens. RZD abre venda de ingressos 45 dias antes do passeio, reserve com antecedência durante a alta temporada.

Existem ligações ferroviárias regulares com principais cidades da Rússia, e também com as principais cidades de Belarus e Ucrânia, incluindo: Internacionais:

'Domésticos:'

Durante a alta temporada (maio a setembro) o número de trens e a diversidade de destinos aumentam dramaticamente.

De navio[editar]

O porto de Sóchi

Sóchi está entre os vários portos russos, onde os turistas internacionais têm a oportunidade de entrada sem visto para até 72 horas (aplicável para navios de cruzeiro e de passageiros da linha de ferry apenas). Verifique limitações e exigências antes de utilizar. Sem surpresa, até agora, a maioria dos turistas internacionais vêm para Sóchi por navios de cruzeiro (favor verificar o itinerário [20]).

O porto de Sochi [21] opera várias rotas internacionais regulares, principalmente no período de Maio a Outubro:

  • Ferry [22] de Trabzon, Turquia - 3,5 horas, 3.500 RUR, maio a outubro, duas vezes por semana
  • De Batumi, Geórgia - 4,5 horas, 3000 - 3500 RUR por pessoa, diariamente, aberto apenas para cidadãos de Rússia, Georgia e países da CEI.

Bilhetes de ferry de Sóchi podem ser comprados geralmente apenas no porto, um dia antes da partida.

Existem também ligações regulares de navios com cidades vizinhas de Novorossiysk, Tuapse e Gagra, Abecásia.

Circule[editar]

Mapa da Grande Sóchi

A Grande Sóchi ocupa 105 km ao longo da costa do Mar Negro. Sua área total é de 3.500 km2 (três vezes maior que Moscou). No entanto, a maioria da população é espalhada ao longo da estreita faixa litorânea, enquanto a área de montanha (1.900 quilômetros quadrados), em sua maioria pertence a 'Parque Nacional de Sóchi' e à Reserva Caucasiana da Biosfera. O alinhamento da cidade é de noroeste para sudeste, da cidade vizinha de Tuapse direito à fronteira russa com a Abecásia.

De ônibus / marshrutka[editar]

Ao contrário de outras cidades russas do mesmo tamanho, Sóchi não possui bondes ou trólebus. O sistema de transporte de ônibus inicial, após o colapso da União Soviética, foi turbinado com ônibus privados menores e marshrutka (vans). A última categoria essencialmente duplica as linhas de ônibus existentes, com algumas adições menores, mas úteis muitas vezes. O seviço é bastante freqüente e relativamente barato, que faz com que seja a forma mais popular de transporte em Sóchi.

Para a Olimpíada de 2014, as autoridades da cidade pretendem fornecer sinalização em inglês em ônibus, e até mesmo treinar os motoristas a falar inglês. Mas, por enquanto, nem o primeiro nem o segundo aconteceram. Assim, como em outras partes regionais da Rússia, prepare-se para exercitar sua intuição, e aprenda um pouco da língua (ou pelo menos o alfabeto) para não perder suas paradas.

As rotas de ônibus / marshrutka mais importantes na cidade são:

  • 3K - a partir do terminal de ônibus central para Matsesta
  • 12 - a partir de Bytkha Matsesta
  • 17 - a partir do terminal de ônibus central para Novaya Zarya (via anel de Sóchi Central)
  • 22K - a partir do terminal de ônibus central para Bytkha
  • 36 - a partir do porto de Sóchi para Mamayka
  • 47K - a partir do terminal central de ônibus para rua Transportnaya (Olymp Mall)
  • 57 - da estação de trem Adler para Imeretinskaya planície e Vesyoloe (da fronteira com a Abecásia)
  • 64 - a partir de Mamayka para Kudepsta via Central Sóchi, Matsesta e Khosta
  • 99 - da estação de trem de Sóchi a rua Vinogradnaya (via anel de Sóchi Central)
  • 105 - a partir do terminal de ônibus central via Matsesta, Khosta Adler e sub-distritos do Aeroporto Internacional de Sóchi, em seguida, para Alpika-Service parte de Krasnaya Polyana. O ônibus vai para 105K apenas o aeroporto.
  • 106 - da estação de trem de Sóchi para Trout Farm via Aeroporto Internacional de Sóchi
  • 125 - a partir do terminal de ônibus central para Imeretinskaya Várzea via Matsesta, Khosta e Adler
  • 130 - da estação de trem Adler para Trout Farm
  • 135 - a partir de Adler (mercado) para Krasnaya Polyana
  • 155 - a partir do terminal de ônibus central para Lazarevskoe via mais subdistritos do distrito Lazarevskoe (Dagomys, Vardane, Loo, etc)
  • 167 - a partir do terminal de ônibus central para Adler (mercado / Novy Vek Mall)

Nos ônibus / marshrutkas de número 1 a 99, a tarifa é fixa para toda a distância da viagem (9 RUB). Números acima de 100 têm sistema de tarifa flexível, dependendo da distância percorrida.

De comboio[editar]

Os 105 km de comprimento da Grande Sóchi tornam a ferrovia um dos transportes mais rápidos adequados para viajar entre os bairros da cidade. Por um longo período, Sóchi teve a única linha que vai de Tuapse à Abecásia, com cinco estações principais, quatro menores, e 28 plataformas dentro da área metropolitana. Preparando-se para Jogos Olímpicos de 2014, RZD construiu duas novas linhas (de Adler para o aeroporto e de Imeretinskaya para Krasnaya Polyana), com comprimento total de 48 km, e 5 novas estações e plataformas.

Os trens de Sóchi foram melhorando constantemente nos últimos anos, atualizando a partir de elektrichki russo padrão para os modernos e confortáveis​​. A maioria deles vai de Adler (ou do terminal central de Sóchi) para Tuapse e volta. Há também 1-2 trens diariamente para Krasnodar e Maykop. Uma viagem de ida, de Sóchi a Lazarevskoe, vai custar 45 RUB por um elektrichka ordinário (1 hora e 45 minutos). Um bilhete de trem modernizado é mais caro: 100-200 RUB dependendo da classe, mas também mais rápido (50-70 minutos). Espere pagar 40 por cento mais se vai de Adler a Lazarevskoe (2 horas e 20 minutos para um elektrichka ordinário).

Enquanto a temporada de verão quente traz mais trens inter-regionais de Sóchi, o número de trens locais diminui para esse período. Assim, existem apenas seis trens locais round-the-ano (16 no período de entressafra). A boa notícia é que cada trem de longa distância também vai parar em Adler, Khosta, Sóchi, Loo e estações Lazarevskaya, por isso é possível viajar dentro da cidade por esses trens. A má notícia é que você vai precisar do seu passaporte toda vez que comprar uma passagem de trem de longa distância.

De barco[editar]

O serviço regular de navio de Sóchi Central para outros bairros da cidade foi interrompido em 2005, devido a uma frota obsoleta e destruição de vários píeres locais. Atualmente, o objetivo de restaurar este transporte está em vigor, e, provavelmente, nos próximos anos, isso será feito.

De bicicleta[editar]

Sóchi introduziu recentemente o serviço de aluguel de bicicletas da cidade. A bicicleta pode ser levado e deixado em qualquer um dos 30 terminais automáticos (os pilotos são instalados no centro de Sóchi e distritos Khosta). O serviço em si é gratuito, mas você precisa deixar 3.000 RUB de depósito antes de devolver a magrela.

Há também um trabalho de alocação de ciclofaixas na malha viária da cidade. No entanto, Sóchi ainda é desconfortável para andar de bicicleta devido aos desníveis, o tráfego pesado e um monte de canteiros de obras.

A pé[editar]

Dentro de Sóchi Central, a maioria distâncias são tranquilas, considerando a paisagem montanhosa (leve em conta que o grande volume de construção para as Olimpíadas 2014 tem feito alguns passeios menos adequados). Outros bairros da cidade têm espaços enormes entre as suas partes, por isso é melhor usar algum transporte para chegar, por exemplo, a partir de Matsesta para Kudepsta ou de Loo para Lazarevskoe. Andar a pé entre os distritos e sub-distritos da Grande Sóchi também geralmente não é conveniente, devido à falta de calçadas, terreno montanhoso, e tráfego intenso.

Pode parecer que uma cidade estendida ao longo da costa deveria ter longos calçadões. Na verdade, a maior parte do espaço litoral atrás da praia é tomada pela ferrovia. Assim, a única avenida beira mar real fica entre Riviera Park e o Dendrário Central de Sóchi. Uma outra está em construção no Parque Olímpico de Adler.

Devido às especificidades resort de Sóchi, a abordagem usual, de medir a distância em metros da praia, pode desempenhar um piada de mau gosto: você pode encontrar-se em um hotel ou apartamento perto do mar, mas longe de qualquer infra-estrutura e transporte. Portanto, fique atento, enquanto reserva.

De cadeira de rodas[editar]

Geralmente, a Rússia tem uma lacuna enorme no nível de acessibilidade para pessoas com deficiência. Várias cidades já começaram seus programas de melhoria nesta área, e Sóchi está entre elas. A cidade acessível é um requisito para a organização dos Jogos Paralímpicos de 2014.

Até agora, pelo menos, as instalações aeroportuárias e novos trens em Sóchi são acessíveis. O projeto para criar o mapa de acessibilidade de Sóchi foi lançado em 2011, dando início a um mesmo projeto de toda a Rússia. Felizmente, os próximos anos trarão a melhoria significativa na acessibilidade da cidade, como aconteceu em Khanty-Mansiysk antes de um outro evento esportivo paralímpico.

Veja[editar]

Sítios Históricos[editar]

  • Edifícios de estilo Imperial do período stalinista. . A história da arquitetura moderna em Sochi começou a partir do plano geral de construção de 1934. Durante o período stalinista (até 1953), muitos edifícios monumentais foram construídos ao redor da Grande Sochi. Entre elas estão: o terminal ferroviário de Sochi central, o porto, o Teatro de Inverno, o Museu de Arte e inúmeros hotéis resort, como Metallurg, Lazarevskoe, etc.
  • Dacha de Verão de Stalin (Mikhailovskoe), rua Kurortny, 120 - distrito de Khosta, +7 (8622) 69 56 00. Inicialmente propriedade de um comerciante, foi confiscada pelo bolcheviques e posteriormente convertida na residência de Stalin por Miron Merzhanov, arquiteto-chefe soviético. Stalin visitou este dacha muitas vezes, tendo várias reuniões com políticos mais alto escalão, como o presidente chinês Mao Tsetung. No interior há um museu com muitos objetos pessoais e de cera de Stalin. Há também lendas sobre fantasmas de Stalin, ou suas vítimas, ainda andando este lugar de noite.
  • Fortaleza Godlik, rua Kurskaya street, distrito Chemitokvadzhe - Lazarevskoe. Os restos de uma fortaleza triangular bizantina, inicialmente construída nos séculos 4-5 dC. Em mau estado de conservação, ainda permanecem torres e parte das paredes de calcário.
  • Templo Loo, Loo -distrito Lazarevskoe. Outro sítio bizantino, e também em mau estado. Localizado no topo de uma colina, longe do mar (1,5 km), foi inicialmente construído nos séculos 10-12, reconstruída no século 14 e transformado em uma fortaleza nos séculos 15-16.
monumento Âncora e Canhão em Sochi

Monumentos[editar]

Além do tradicional conjunto russo de monumentos deixados como legado do colapso da União Soviética, Sochi tem várias obras de arte originais, que valem a pena ser explorados.

  • Âncora e Canhão, parque Pushkinsky - Central (perto da rua Primorskaya). O monumento mais antigo da cidade, construído em 1913. Um canhão original do século 19 e uma âncora do século 18 simbolizam a vitória do exército russo na guerra russo-otomana de 1828-1829.
  • Churchill, Roosevelt e Stalin, Vinogradnaya, 14 - Central (na área do hotel Krashmashevsky). Provavelmente, o único monumento a esta coalizão de importantes líderes anti-fascistas na Rússia. Erguido em 2008 pelo escultor israelense Frank Meisler. Duas cópias do monumento foram presenteadas para os EUA e o Reino Unido. No mesmo local, um museu histórico da Segunda Guerra Mundial.
  • Memorial A Façanha pela Vida (Подвиг во имя жизни), Riviersky pereulok - Central (entrada do parque Riviera). Um conjunto arquitetônico dedicado ao pessoal médico de Sochi, que salvou mais de meio milhão de vítimas durante a II Guerra Mundial. O monumento é um arco de aço com as estátuas de mármore de médicos, enfermeiros e pessoas feridas em seu frontão.
  • O Tosão de Ouro, Ploschad Isskustv - Central (perto do Museu de Arte de Sochi). A composição simbólica, ilustrando um mito grego clássico bem conhecido sobre os Argonautas e o Tosão de Ouro, foi inaugurada em 2008. Entre duas elegantes colunas, fica esticada a pele de ovelha banhada a ouro, guardada por um dragão. O escultor sugere a idéia de uma ponte histórica entre a Grécia e a Sochi Olímpica.
  • As Fontes Cantantes, Kurortny - Central. Localizadas no centro da cidade, na esquina da rua Navaginskaya com Kurortny Prospekt, na entrada da Galeria Comercial de Sóchi. Uma piscina com inúmeros cursos d'água, som especial e hardware visual, permitindo à água "cantar" e "dançar" ao ritmo da música. As fontes funcionam apenas nas noites de verão, quando os efeitos visuais são belíssimos. Inicialmente construídas em 1970, foram totalmente renovados em 2009.
  • Memorial Militar Zavokzalny, subdistrito Zavokzalny - Central. O memorial aos soldados de Sochi que morreram durante a Segunda Guerra Mundial, onde mais de 2.000 deles estão sepultados, construído em 1985 para 40º Aniversário da Vitória. No topo da colina, há placas de memória com seus nomes, formando um semicírculo em torno de uma chama eterna. Com vista para Sochi Central, este lugar se tornou um cenário inevitável para fotos nos casamentos da cidade.
  • Relógio da Contagem Regressiva Olímpica (perto do porto). Instalado e lançado em maio (Olímpicos) e junho (Paralímpicos) de 2011, 1000 dias antes do início dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Sochi 2014. Uma construção de visual inovador, vale a pena ver.

Museus[editar]

  • Museu de Arte de Sóchi, rua Kurortny, 51 - Central, +7 (8622) 62-2947, +7 (8622) 62-2916. O museu ocupa um dos mais belos edifícios de Sóchi, construído em 1936. Sua coleção é a maior na costa do Mar Negro (mais de 5.000 itens de vários estilos e períodos, do antigo ao contemporâneo). A exposição se expande com novas pinturas de artistas de Sochi; há exposições individuais regularmente.
  • Museu Histórico de Sóchi, rua Vorovskogo 54/11 - Central, +7 (8622) 64-28-91. Este museu, um dos mais antigos locais de interesse cultural da cidade, foi aberto em 1920. A exposição abrange os marcos importantes da história da cidade, os achados arqueológicos, naturais, e pessoas famosas. No total, existem 14 salas e cerca de 150 mil itens.
  • Museu Honra Esportiva de Sochi, Sovetskaya, 26 - Central, +7 (8622) 64-23-26,

+7 (928) 448 90 85 (tours). Diariamente, 11h - 21h. Entrada 80 RUB. Este é o mais novo museu da cidade, inaugurado em 2010, no limiar das Olimpíadas 2014. Os itens de sua coleção mostram a história da Olimpíada, o movimento olímpico, Sochi e sua participação na organização da Olimpíada. Os itens mais importantes são as bandeiras dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Vancouver 2010, bem como as maquetes dos espaços desportivos, de praia e montanha, que estão em construção em Sochi. O museu também atua como um centro cultural, onde são conduzidos vários programas e reuniões educacionais.

  • A.A.C. Art Gallery of Wood Plastic, rua Zvezdnaya, 1, office 24 - distrito Khosta, +7 (8622) 65-90-08. 10h - 20h. A galeria de arte individual de um talentoso escultor local, Alexander Sobol. A exposição de mais de 500 obras de madeira é acompanhada com música especialmente composta. são fornecidas visitas guiadas de 1 h.
Dendrarium

Parques[editar]

  • Park Riviera, Yegorova, 1 - Central, +7 (8622) 64-33-77, +7 (8622) 64-08-85. Entrada gratuita. O maior e mais popular parque público da Grande Sochi, fundado em 1898 e totalmente renovado 100 anos depois. Riviera é um espetáculo em todas as estações. No verão, oferece sombra e inúmeras atrações de lazer, enquanto que no inverno, as suas ruas silenciosas atraem fãs de caminhadas e solitude. O parque tem restaurantes, bares, centros esportivos, centros de lazer, um cinema e outras atrações. O Teatro Verde do parque é um local para concertos e festivais freqüentes. Mas o principal ponto de interesse é, provavelmente, a Alameda da Amizade (Поляна дружбы), criada em 1960, com árvores plantadas por políticos famosos, celebridades e pessoas famosas. Por exemplo, 45 cosmonautas russos e astronautas americanos plantaram suas árvores neste lugar.
  • Dendrário (Jardim Botânico Dendrarium), 74, Kurortny - Khosta district, +7 (8622) 62-18-42 ‎. diariamente, 8h - 21h. Entrada 180 RUB. O melhor parque na costa do Mar Negro, lar de uma grande coleção de espécies de árvores. Um lugar bonito, sombrio, e bem gerido, excelente para o lazer, para caminhar sem pressa, etc. Use o teleférico para chegar da parte costeira à montanhosa do Dendrarium, e descobrir uma vista panorâmica cênica das falésias e do Cáucaso.
  • Parque das Culturas do Sul, distrito Adler. Entrada 150 RUB. Outro jardim botânico, em Adler, na margem esquerda do rio Mzymta. Fundado em 1910, o parque recolheu mais de 5500 espécies de plantas de todo o mundo, que florescem o ano inteiro. Em um único lugar, você vai encontrar carvalhos de 300 anos, sakura florescendo, e palmeiras chineses. Há também lagos com nenúfares e lótus, habitados por cisnes e patos. O parque, com sua excepcional paisagem e biodiversidade, está definitivamente entre os melhores da Rússia.
  • Park Frunze (Парк имени Фрунзе), rua Chernomorskaya - distrito Khosta. Um dos mais antigos parques da cidade, no litoral do distrito de Khosta, perto do Dendrarium, tendo em sua área o Teatro de Verão, locais para esportes, e uma fonte com cascata incrível.

Parque Olímpico de Sochi[editar]

A várzea Imeretinskaya, no distrito de Adler, foi escolhido como o local do Parque Olímpico costeiro de Sochi 2014 (o Parque de Montanha fica em Krasnaya Polyana). Inicialmente ocupada com casas particulares construídas caoticamente, esta área começou a ser totalmente redesenvolvida em 2007, parecendo ser o maior canteiro de obras da Rússia moderna. A partir de 2011, a construção está a meio caminho e deve ser concluída até o final de 2013.

Em 2014, o Parque Olímpico será utilizado para os jogos de abertura e encerramento, hóquei, patinação, curling e todas as cerimônias de premiação de medalhas. Depois dos Jogos, o parque vai se tornar o legado da cidade, enquanto vários locais de competição serão transferidos para outros locais na Rússia, e as instalações da Vila Olímpica serão convertidos em hotéis e apartamentos.

Mapa do Parque Olímpico de Sochi (em construção até 2013)

O Parque Olímpico vai incluir os seguintes espaços e instalações:

Locais de competição[editar]

  • Estádio Central
  • Bolshoi Ice Palace (12.000 espectadores)
  • Maly Ice Palace (7.000 espectadores)
  • Centro de Patinação de velocidade (8.000 espectadores)
  • Centro de Patinação Artística e Short Trek (12.000 espectadores)
  • Sochi Curling Centre (3.000 espectadores)

Locais de não competição[editar]

  • Vila Olímpica
  • Hotel Família Olímpica e Paraolímpica
  • Centro Principal de Imprensa

Outras instalações e locais[editar]

  • Circuito de Formula 1
  • O campus da Universidade Olímpica Internacional russa
  • Parque temático de lazer
  • Duas novas estações de trem: Parque Olímpico e Imeretinskaya

O Parque Olímpico fica a 7 km de distância da estação Adler e do Aeroporto Internacional de Sochi. Ele será conectado com o resto da cidade de Sochi por linhas de trem e ônibus.

Atrações zoobotânicas[editar]

Sochi Discovery World Aquarium
  • Sochi Discovery World Aquarium, Lenin 219а / 4 - Adler, +7 (8622) 46-33-56. Ter-Dom 10h - 18h. 500 RUB. O maior oceanário da Rússia, e um dos os maiores da Europa. A impressionante variedade de espécies marinhas é complementada com uma grande variedade de espécies de peixes de água doce da Rússia.
  • Zoo Marinho e Aquário, 4 Cheltenham alley - Khosta (New Matsesta), +7 (8622) 67-72-26, . Diariamente, verão 9h - 20h, inverno 10h - 18h. Adultos 300 RUB, crianças (6-11 anos) 100 RUB. Aberto em 2005. É possível participar da alimentação de animais: tubarões, pinguins, hipopótamos etc.
  • Oceanário do Park Riviera, Yegorova, 1 - Central, +7 (8622) 64-43-43. Diariamente, verão 10h - meia noite, inverno 10h - 21h. Adultos 300 RUB, crianças (6-11 anos) 200 RUB. O aquário mais central, no entanto, não é o mais impressionante.
  • Dolfinário Adler, Lenin 219а - Adler, +7 (8622) 46-33-03, fax: +7 (8622) 46-33-03. Verão Ter-Dom, 11h, 14h e 16h. Inverno Sab-Dom e feriados, 15h30. Adultos 450 RUB, crianças (3-12 anos) 250 RUB. Uma cópia em Sochi do Utrish Delfinarium de Novorossiysk. Há shows de golfinhos, de 50 min, ao longo do ano; a piscina tem 20 m de largura e 6 m de profundidade. O local tem capacidade para até 1.000 espectadores.
  • Centro Veterinário para Primatas (Обезьяний питомник), Vesyoloe, 1 - Adler (Marshrutka / bus 134). entrance 200 RUR. O local é de propriedade do único instituto científico russo de primatologia veterinária da Academia de Ciências Médicas da Rússia. É famoso por ter preparado tripulantes para vôos experimentais no espaço, nos anos 60 e 70. Aqui os animais passam por treinamento para voo espacial, habituam-se às condições de nave, etc. O centro tem grande área, onde 2.700 animais amigáveis ​​de mais de 11 espécies vivem (principalmente macacos não antropóides). O viveiro fica a 1,5 km da entrada. Aberto para visitação.

Locais ao ar livre[editar]

Vista do Monte Akhun

Como regra geral, com algumas exceções, todos estes locais ao ar livre estão dentro do Parque Nacional de Sóchi. Isto significa que, em alguns casos, você terá de pagar a taxa de entrada do parque. Todos estes pontos turísticos atraem viajantes independentes e grupos guiados. As excursões podem ser organizadas em hotéis ou em áreas turísticas da cidade.

  • Monte Akhun, Khosta. Entrada 100 RUB (mirante do Mt. Akhun), 100 RUB (Agurskoe canyon), 50 RUB (Pedra da Águia). O Monte Akhun é famoso como a melhor vista panorâmica da Grande Sochi. A torre de castelo, em seu topo de 700 metros, é um perfeito mirante da cidade. Provavelmente é mesmo possível ver a costa turca bem longe, se o tempo e a visibilidade colaborarem. Tomando uma trilha para baixo do Monte Akhun, é possível chegar ao Agurskoe Canyon (Агурское ущелье), em próximo, outro destino popular com uma cascata de três cachoeiras cercadas por altas falésias. Fala-se de ser o mais antigo ponto turístico da cidade. Fora das cascatas, há o lugar chamado Pedra da Águia (Орлиные скалы) com poucas cavernas redor. Diz a lenda que a Pedra da Águia é o lugar onde Prometeu (deus grego clássico de fogo) foi acorrentado. Para chegar ao Monte Akhun e seus arredores, é melhor usar um carro / taxi. Usando um ônibus, pegue a rota 110 da Central Sochi até a parada Sputnik. Neste caso, você terá de subir a montanha (2-3 horas de caminhada).
Khosta, Sochi
  • Bosque Yew & boxtree (тисо-самшитовая роща), Khosta. Entrada 150 RUB. Um exclave da Reserva Caucasiana da Biosfera e Patrimônio da Humanidade UNESCO, o bosque Yew and Boxtree ocupa 3 km2 de uma encosta do Mt. Akhun. É um espetáculo da natureza único, com mais de 700 espécies de plantas, algumas delas relíquias inalteradas por 30 milhões de anos. Há também espécies endêmicas e plantas muito envelhecidas, como árvores de 2000 anos. O bosque tem 20 espécies ameaçadas de extinção incluídas na Lista Vermelha da IUCN. Se você não vai de carro ou táxi, pegue a marshrutka 122 da Central Sochi para Khosta. A parada que você precisa é "Khosta-most". De lá, siga pela rua Samshitovaya (Самшитовая улица) até a curva com a placa. Logo após a virada, um grupo usual de carros de táxi serve de sinal de entrada do bosque .
  • Cavernas Vorontsovka (Воронцовские пещеры), vila Vorontsovka - Khosta. A parte da montanha da Grande área de Sochi contém mais de 400 cavernas no total. O mais conhecido deles é o complexo de cavernas da vila Vorontsovka, no distrito de Khosta. Trata-se de três partes interligadas (Kabanya, Vorontsovskaya e Labirintovaya) com comprimento total de 11 km e desnível de 240 m. Este é um dos maiores sistemas de cavernas no Cáucaso, uma parte significativa do mesmo está aberto para visitas.
  • Dagomys Tea-Party Houses, Dagomys and Uch-Dere - Lazarevskoe. O chá mais setentrional do mundo tem sido cultivada em Sochi desde 1887, sob a marca "Krasnodar Tea". Há passeios em grupo para Dagomys Tea Plant, e também, em uma colina na Uch-Dere, existem casas de chá do partido, aberto para visitar. Lá você pode descobrir como o chá é cultivado, coletado e fabricado. Você será oferecido um chá-party com samovar, pirójki (panquecas), compotas, e canções populares. Como um bônus, no local há um museu com exposição de artesanato tradicional russo.
  • 33 cachoeiras, Lazarevskoe district. Há várias cachoeiras na área de Grande Sochi. Estas certeza estão em localidade um pouco remota, mas contém nada menos que trinta e três cachoeiras, não muito altas (1,3 a 10 m), mas de grande beleza cênica. Elas ficam mais belas na primavera, quando as chuvas e derretimento de neve em montanhas trazem mais água. O córrego Dzhegosh só tem 2 km de comprimento até o rio Shakhe, não muito longe da aldeia circassiana tradicional de Bolshoi Kichmay, a 11 km da costa do mar, do sub-distrito Golovinka e transporte público regular. Para chegar às cachoeiras, o mais adequado é usar um táxi ou para participar de uma excursão organizada.
  • Fazenda de Trutas (Форелевое хозяйство), rua Forelevaya, 45, aldeia Kazachiy Brod - Adler. A maior fazenda de peixes da Rússia, inclui 131 tanques para a truta e mais 6 para carpas. Este não é apenas uma fazenda, mas também um ponto turístico incrível. Ao visitá-lo, você pode obter informações sobre a criação de truta, observar os peixes, alimentá-los, e até mesmo ir à pesca em alguns tanques. Também é possível comprar truta defumada, incrivelmente saborosa, no local.
  • Caverna Akhtyrshskaya (Ахтыршская пещера), Adler district. Entrance 100 RUB. Muitas das cavernas de Sochi eram habitadas por povos primitivos. A caverna Akhtyrshkaya está entre elas, tendo muitos desenhos rupestres e outros restos primitivos. Pegue um ônibus / marshrutka 106 ao seu ponto final (Trout Farm). Atravesse a rua da paragem de autocarro e vá para o túnel. Vire à direita perto do túnel e desça para Mzymta rio e uma ponte de macaco. Antes da ponte, vá para a esquerda até a entrada da caverna. Há belas paisagens e uma vista panorâmica perto da caverna: Atravesse o rio Mzymta e pegue a trilha esquerda que sobe.

Faça[editar]

Compre[editar]

Coma[editar]

Econômico[editar]

  • Art-Pizza, rua Teatralnaya, 9 - Central (ao lado do Teatro de Inverno), +7 (8622) 62-2666. 10-00AM - 12-00PM. 500 RUB / pessoa. Uma pizzaria com preços razoáveis
  • Mama Roza, rua Moskovskaya, 19A - Central, +7 (8622) 64-2872. 11h - 23h. 500 RUB / pessoa. No centro, próximo ao terminal de trem principal, o café oferece uma variedade de pizzas e outros alimentos de estilo italiano.
  • McDonald's, Kurortny Prospekt 17/1 - Central, +7 8622 64 87 79, +7 8622 64 86 74, +7 8622 64 86 85. 8h - meia noite. 100-300 RUB / pessoa. O único restaurante McDonald em Sochi. Tradicionalmente popular por sua fast-food, e pelos banheiros e wi-fi grátis.

Médio[editar]

  • Frau Marta, rua Sovetskaya, 2 - Central (perto do porto), +7 (8622) 33 72 72. 500-1500 RUB / pessoa. Acolhedor e elegante restaurante alemão com uma boa variedade de cervejas e agradáveis salsichas ​​Nuremberg.
  • Farol, Morskoy pereulok, 1/1 - Central (perto do porto), +7 (8622)37-74-74. 11h-meia noite. 500-1500 RUB / pessoa. Cozinha uzbeque enfeitada com pratos russos e europeus. Recomenda-se fortemente o Shashlyk e o pilav.
  • Vody Lagidze (Воды Лагидзе), rua Primorskaya, 16 - Central, +7 918 401 3373. Um restaurante popular de cozinha tradicional georgiana, com música ao vivo. Especiallidades russas e européias também.

Esbanje[editar]

  • Kalipso, rua Moskvina, 2, Central Sochi (near the seaport and Mayak aquapark), +7 (8622) 62-40-33. meio dia-meia noite. 2500 RUB ou mais / pessoa. Restaurante fino e caro, elegantemente concebido, de culinária italiana e mediterrânea.
  • La Terrazza, Kurortny Prospekt 105 B - Central, +7 (8622) 96-58-58. 12.00-0.00. 2500 RUB ou mais / pessoa. Culinária italiana.
  • Mar Azul (Синее Море), rua Chernomorskaya, Praia do Sol (Солнечный пляЖ) (Sochi Central), +7 (8622) 66-21-21, 90-20-02, . meio dia-2h. 2500 - 5000 RUB / pessoa. Provavelmente, o restaurante mais luxuoso da cidade. Peixes do Mediterrâneo e cozinha de frutos do mar, além de várias especialidades de carne. Bons cocktails.

Beba e saia[editar]

  • London Bar, rua Nesebrskaya, 6 - Central (na praia), +7 (8622) 60 82 00. diariamente, 24h. 500 - 1,500 RUR / pessoa. Restaurante e bar elegante, oferecendo almoços de negócios durante o dia e se transformando em um clube de música á noite. Cozinha europeia e japonesa, grande variedade de cocktails e destilados. Concertos (rock, discoteca, chillout, tanto russa quanto internacional) e festas, toda semana.
  • Shum Karaoke Club (Шум), rua Navaginskaya, 9 - Central, +7 (9882)37 54 20; 26 30 30, . diariamente, 24h (restaurante, 9h - 18h; karaoke, 19h - 7h).. Clube de karaokê de luxo, com design fino e grande variedade de cocktails. Som e vocalistas de nível profissional,, as canções são gratuitas de domingo a quinta-feira.
  • Treugolnik Rock Bar (Треугольник), rua Kirova, 56 - Adler. meio dia - 03h. a partir de 500 RUB / pessoa. Um clube de rock-n-roll democrático, com uma atmosfera autêntica e uma grande coleção musical, de clássicos do rock a novas tendências. Festas regulares e concertos de bandas tradicionais e/ou obscuras (principalmente da Rússia e países da antiga União Soviética). Biblioteca de livros e DVDs sobre temas de rock. O clube oferece não apenas bebidas e festas, mas também pequenos-almoços, almoços e jantares, a pizza parece ser a melhor de Adler.

Durma[editar]

Sochi tem muitos hotéis (mais de 200), e seu número é cada vez maior, mas o custo da estadia pode parecer muito caro, em comparação com outros destinos europeus. Há vários e vários hotéis e resorts de saúde gigantescos, orgulhos da indústria turística da ex-União Soviética, mas completamente obsoletos no momento. Por outro lado, muitos mini-hotéis multiplicaram em Sochi recentemente, mas apenas alguns deles são capazes de atender às necessidades de serviços internacionais médios. Muitas vezes, funcionários de hotel são limitados em relação a questões de hospitalidade, de dar respostas e conselhos úteis, e de falar qualquer outra língua além de russo.

Entre esses dois extremos, há uma lacuna de hotéis normais ou de 2-3-4 estrelas, com preços razoáveis, nível aceitável de inglês e habilidades de hospitalidade do pessoal. A situação está melhorando lentamente, mas o espaço para crescer ainda é grande.

Em geral, distrito Lazarevskoe oferece acomodação mais barata, enquanto Sochi Central e Adler tem opções mais caras. Os preços também dependem da época, aumentando tradicionalmente no verão e no início de maio (entre dois feriados nacionais). Sempre reserve com antecedência no verão. A selecção de hotéis abaixo inclui principalmente aqueles onde níveis melhores de inglês e / ou serviço tem sido relatados. Para os hotéis de montanha, consulte Krasnaya Polyana.

Econômico[editar]

  • Setor Chastny - muitos visitantes russas de Sochi ficam em quartos ou apartamentos oficialmente alugados (o chamado setor chastny). Esta oportunidade pode ser significativamente mais barata do que hotéis, especialmente se várias pessoas alugarem uma instalação. Mas os proprietários de tais propriedades normalmente não falam inglês, suas instalações não estão disponíveis através de qualquer reserva on-line, e sua qualidade varia muito. Você vai encontrar muitas propriedades, proprietários e agentes de aluguel em anúncios colocados em terminais de trem e ônibus (eles costumam oferecer komnata (комната), ou seja, quarto). Setor Chastny de qualidade comprovada é algo que só pode ser recomendado por alguém que já tenha ficado lá. Os preços variam desde 350 RUB por um quarto em uma casa básica, com banheiro e chuveiro ao ar livre, até 5000 RUB ou mais, por uma casa confortável.
  • Victor Guesthouse, Kurortny Prospekt 72/5 - Khosta district (perto do Dendrarium), +7(8622) 92-88-45. 2000 - 3500 RUB por um quarto duplo, dependendo do quarto. . Esta acolhedora pousada tem 15 quartos e recepção 24/7. O acesso Wi-Fi e o café da manhã são fornecidos por um custo adicional. Os quartos são apenas para não-fumantes.
  • AKS Hotel, rua Bytkha, 41/28 ((entre a Central Sochi e Matsesta, no distrito de Khosta). double 2300 - 3000 RUB. Mini-hotel recém construído, com 10 quartos. Acolhedor, com preços razoáveis, com pessoal simpático, novas instalações e piscina. Localizado dentro de uma área residencial, na colina de Bytkha, um pouco longe do mar e transporte.
  • Roza Vetrov, rua Pirogova, 40 B - Central. Double 2,300-3,900 RUR depending on room.. O hotel dispõe de quartos amplos com varandas. Pequeno-almoço incluído, wi-fi pago, 100 RUB por hora. Há também piscina ao ar livre e um centro de fitness.
  • Orbita Hotel, rua Lenina, 280 А - Adler, +7(8622) 45-01-47. 1200 RUB o quarto single, 1600 - 3300 o double. Este hotel tem um spa-center com sauna e uma piscina. O preço relativamente baixo é compensado pelo barulho da rua principal de Adler.
  • Charm Hotel, rua Chkalova, 21 G - Adler (entre Adler e Kudepsta). double 2400 - 2900 RUB. 21 quartos com ar condicionado, piscina ao ar livre, um pouco longe do centro de Adler, café da manhã continental e acesso wi-fi à Internet estão incluídos na tarifa do quarto.
  • Zhemchuzhina (Жемчужина), rua Chernomorskaya, 3 (centro, perto do mar), +7 (8622) 66-11-88. Single 2900 RUB, double 3500 RUB. O monumental Hotel Zhemchuzhina, de 19 andares, foi construído nos anos 1970 e tornou-se o símbolo da Sochi centro de turismo na União Soviética. Infelizmente, pouco mudou desde então: quartos não foram renovados, e novos funcionários não foi recrutados. O pessoal existente mal conhece a palavra "hospitalidade". Zhemchuzhina está perfeitamente localizado no centro da cidade, à direita na costa, sempre tendo quartos disponíveis, mas ficar por uma noite que seja pode parecer um desafio.

Médio[editar]

  • Villa Anna, Kurortny Prospekt 72/2 - Khosta (perto do Dendrarium). Double 3400 - 4800 RUR dependendo do quarto e temporada. Este hotel de 4 estrelas ocupa um prédio que é uma cópia de um castelo medieval escocês. 30 quartos, acesso wi-fi, piscina ao ar livre. Alguns quartos têm banheiro privativo, jacuzzi e cozinha.
  • Marins Park Hotel, Morskoy pereulok 2 - Central, +7 (8622) 69-3015, +7 (8622) 69-3034. Double 3500 - 8000 RUR dependendo do quarto e temporada. Moderno e grande hotel de 4 estrelas com localização central, com quartos de categorias "médio" e "esbanje". Pequeno-almoço incluído, todos os quartos são não-fumantes.
  • Hotel Chebotarev, rua Vinogradnaya, 12/1 - Central, +7 (8622) 53-2680, +7 (8622) 53-2681, +7 (8622) 53-2682. Single 2500 - 6000 RUR, double 3000 - 9000 RUR. 4 estrelas, 70 quartos confortáveis, piscina ao ar livre e outras instalações. Problemas com acesso a internet têm sido relatados (apenas no lobby).

Esbanje[editar]

  • Radisson Lazurnaya, Kurortny Prospekt 103 (Between Central Sochi and Matsesta), +7(8622) 66-3333. Single 5600 - 10000 RUB, double 9000 - 16500 RUB. Grande hotel da marca Radisson, com sua própria praia e todos os equipamentos de apoio. Propagandeado como um lugar luxuoso, mas, na realidade, um hotel resort de 4 estrelas, um pouco caro demais para o que oferece.
  • Rodina Grand Hotel & Spa, rua Vinogradnaya, 33 - Central, +7 (8622) 53-9036. a partir de 12500 RUB. Único hotel boutique de 5 estrelas em Sochi. Cada um dos 40 quartos foi concebido individualmente por Suzanne Loggere e Patrick Brugman, decoradores da corte da rainha Beatrix da Holanda.

Partir[editar]

43.596; 39.726Internet-web-browser.svg
Este artigo é usável. Ele contém informações sobre como chegar e algumas indicações completas de restaurantes e hotéis. Uma pessoa mais corajosa poderia utilizá-lo para viajar, mas por favor mergulhe fundo e ajude-o a crescer!